Acompanhe aqui:

24 de fevereiro de 2016

LeBron James teria chances de ser o maior cestinha da NBA?


Uma das coisas que eu mais gosto de fazer é ficar navegando por vários sites relacionados à NBA e buscar conteúdo para compartilhar com os amigos leitores/seguidos aqui do blog. Ao entrar em um site que mostrava todos os números da carreira profissional de LeBron James, fiquei impressionado com tudo o que o rapaz já atingiu. Ok, ele veio direto do ensino médio, entretanto ainda assim segue sendo notável. Constatando que o camisa 23 dos Cavaliers nunca sofreu uma lesão grave que prejudicasse seu rendimento, fiz o seguinte questionamento: até onde ele pode chegar no ranking de cestinhas de todos os tempos?

Hoje o menino James tem 31 anos e 56 dias de vida. Sua posição no rank é a 13ª, com 26406 pontos. Já deixou muita gente boa pra trás. Imaginando que o ala ainda tem alguns anos no mais alto nível, podemos imaginar que ele pode beliscar as primeiras posições. Tudo depende de como será sua trajetória quando o "brilho" diminuir. Todos sabem que quando a idade chega, a mente pensa uma coisa e o corpo responde outra. As pernas não aguentam. A eficiência não é a mesma e, de forma até natural, os números entram em uma descendente

Já que toquei nessa questão das primeiras posições do ranking, busquei os números do top five quando todos estavam na mesma idade de LBJ: 31 anos. Eu sei que não é uma comparação justa, pois como eu disse mais acima, LeBron veio direto do high-school, enquanto os demais passaram pelo College e entraram mais tarde (e mais velhos) na liga. Os 31 anos é só uma base de comparação, apenas para termos um ponto para a gente iniciar as comparações e discussões.


O top 5 é composto por Kareem Abdul-Jabbar, Karl Malone, Kobe Bryant, Michael Jordan e Wilt Chamberlain. Exatamente nessa ordem. Além de informar a quantidade de pontos dos atletas em suas temporadas aos 31 anos, colocarei alguns infos adicionais, como a season e o número de jogos. Vejamos só...

Kareem Abdul-Jabbar: 22141 pontos - 1979 - 10ª temporada - 773 jogos
Karl Malone: 21237 pontos - 1995 - 10ª temporada - 816 jogos
Kobe Bryant: 25790 pontos - 2010 - 14ª temporada -1021* jogos
Michael Jordan: 21998 pontos - 1995 - 10ª temporada - 684 jogos
Wilt Chamberlain: 25434 pontos - 1968 - 9ª temporada - 706 jogos

LeBron James: 26406* pontos - 2016 - 13ª temporada - 971* jogos 

* - E contando...

Então como os senhores e senhoritas podem observar, LeBron chega em uma condição muito favorável para escrever a história. Lidera o grupo o seleto grupo. A diferença é que estamos falando de caras diferenciados, jogadores que trilharam caminhos fantásticos. O Jabbar, por exemplo, amontoou médias gigantes no passar dos anos de sua carreira. O cara era uma máquina de jogar. Nas temporadas seguintes, de 738 jogos possíveis, ele ficou de fora de apenas 33 (isso representa apenas 4%). E suas médias de pontos e rebotes foram mais monstruosas ainda. 

O mesmo podemos falar de Malone, um cara que foi longe na NBA produzindo muito e tendo boa assiduidade. Michael Jordan dispensa comentários, né? Jordan teve média de 30,2 pontos em um total de 15 temporadas. Só reforça porque é chamado de Deus. Wilt era de outro mundo. Kobe é o faminto por vitórias que conhecemos. Só estou comentando isso para mostrar que todos do top 5 tem motivos de sobra para estarem lá. 

Falei tudo isso porque os números de James podem enganar. Ele é o líder entre todos os citados, porém isso não é garantia que ele será o maior cestinha. Tudo passa pela forma que ele vai administrar sua carreira e o cuidado com o corpo. Hoje temos um atleta tirando o pé para se preservar lá na frente. É o mais correto e o mais coerente a fazer. Todos na lista, com exceção de Chamberlain, foram até pelo menos os 37 anos. Até onde LeBron James chega?

Palpite do PN: Posição de número 3

2 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!