Acompanhe aqui:

16 de janeiro de 2016

Baron Davis louquinho para voltar à NBA


Beirando os 37 anos de idade, Baron Davis (lembra dele?) está louco para retomar sua carreira na NBA. Segundo informações de Marc Stein, da ESPN gringa, o armador está finalizando um contrato na D-League e vai buscar ritmo de jogo. Sua intenção, é claro, é que uma franquia da NBA o chame para compor elenco. Vale ressaltar que os contratos de 10 dias já estão em vigor, o que conta à favor do veterano.

Sua última partida na NBA aconteceu em 6 de maio de 2012 durante os playoffs, quando vestia a camisa do New York Knicks. Uma grave lesão no joelho forçou uma grande parada para recuperação. Como não é mais nenhum garoto, nunca mais havia tentado voltar para a liga. Parece que agora a coisa ficou séria e ele ainda acredita que pode render algo. Em entrevistas para meios de comunicação, Davis comenta que é o momento certo para tentar um retorno.

Para quem não lembra, sua entrada na liga ocorreu em 1999-2000, no Charlotte Hornets. Apesar de um primeiro ano pouco chamativo, logo começou a mostrar um basquete diferente e chegou ao All-Star Game já no seu terceiro ano (médias de 18,1 pontos, 8,5 assistências e 2,1 roubos de bola). Ele voltaria ao jogo das estrelas dois anos mais tarde, em 2003/2004 quando era responsável por 22,9 pontos, 7,5 assistências e 2,4 roubos (líder da temporada). Trocado, foi parar no Golden State Warriors, onde foi peça-fundamental para conduzir a franquia aos playoffs pela primeira vez depois de 13 anos. Foi naquela pós-temporada que o Warriors, então oitavo colocado, eliminava o Dallas Mavericks, time de melhor campanha. Davis era o maestro do elenco.

A partir dali, sua carreira teve uma derrocada. Ele não foi mais o mesmo e começou a ter um papel bem menor. Uma coisa ele não pode reclamar: o dinheiro que já recebeu como atleta profissional. Somando todos os salários que recebeu, os valores ultrapassam a casa dos 147 milhões de dólares


Na D-League, terá a chance de mostrar serviço. Vai ter o tempo necessário para poder avaliar se o seu joelho operado terá condições de aguentar a intensidade de um jogo de basquete. Eu realmente acredito que qualquer atuação ou jogada bem produzida, vai render notícias, vines e terá um apelo maior dos fãs. Se isso suceder, não vai demorar ganhar uma oportunidade (talvez a última). O Texas Legends, afiliado dos Mavs, estaria inclinado para assinar com Davis. Ainda não é nada certo. Embora seus grandes momentos já passaram, é sempre legal ter a oportunidade de ver caras como Baron ainda buscando um espaço, mesmo que fiquem só no banco assistindo as partidas e entrem nos minutos finais.

A NBA vive um grande momento quando o assunto é armadores. A vida não será fácil. Mas pera aí... aos 36 anos e tantos dias, recuperado de uma grave contusão no joelho... o que vier, é lucro. Boa sorte, Baron!


0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!