Acompanhe aqui:

17 de dezembro de 2015

NBA faz história no Vine


Para quem adora acompanhar as diversas partidas que acontecem de forma simultânea, ter acesso aos lances com mais agilidade é essencial. Eu, que faço a cobertura para o PN, sei como é. Para isso, o Vine é algo divino, algo dos deuses. Rolou aquela jogada importante, em poucos segundos já chega o Vine para mostrar tudo. Rápido e objetivo. Em um curto espaço de 7 segundos, é possível assistir as ações que despertam a atenção. 

Cestas sensacionais, tocos monstruosos, contra-ataques mortais, lances bizarros, chutes certeiros no estouro do relógio... tudo isso já virou uma mania para quem fica por dentro do que rola na NBA. O lance acontece, o Vine é feito e já publicado. O interessante é que os fãs podem publicar em suas redes sociais, expandindo ainda mais os movimentos da principal liga de basquete do mundo. A NBA, que não é boba, viu potencial nessa brincadeira e criou o seu perfil no serviço de armazenamento de vídeos. Diante de tanta qualidade de seus jogadores que protagonizam lances brilhantes, a liga se tornou a primeira organização a alcançar a marca de 1 bilhão de loops (reproduções). É disparado o perfil esportivo com mais visualizações. 

Tudo começou com um vine de Chris Bosh, em 2013, se aquecendo para mais uma partida da NBA Finals. Durante o NBA All-Star Game de 2015, a liga obteve 33 milhões de loops somando todos os eventos do final de semana festivo. O ápice foram as enterradas de Zach Lavine, campeão do Slam Dunk Contest. Hoje, praticamente todas as franquias possuem uma conta. Cada um exibe seus principais lances durante os jogos, treinos, eventos, etc.

Aqui está o top 3 de vines mais reproduzidos na conta da NBA:





0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!