Acompanhe aqui:

20 de novembro de 2015

Para tentar vencer, 76ers entra com 6 jogadores na quadra


Dá uma olhada aí >> NBA: quando cestas milagrosas acontecem

Ok, o título do post é uma brincadeira. Mas era tudo o que o Philadelphia 76ers queria nessa vida: contar com 6 atletas em quadra para tentar vencer nessa temporada. E na derrota (mais uma) para o Indiana Pacers, durante um pedido de tempo, houve um descuido e o Sixers estava retornando com seis jogadores. Seis. Os árbitros do cotejo logo observaram o erro infantil e sinalizaram uma falta técnica.

O melhor (ou o pior) é a reação do técnico Brett Brown, onde nem ele acreditava no que estava acontecendo. Recentemente o comandante do San Antonio Spurs, Gregg Popovich, brincou que não duraria 1 mês no comando dos 76ers. Treinando o time da Philadelphia desde a temporada 2013/2014, Brown acumula um total de 37 vitórias e 139 derrotas, aproveitamento de 21%. Ele foi assistente de Pop  no time texano de 2004 até 2013. O pior é ver os jovens perdendo noite após noite. Já são 12 derrotas nos 12 primeiros compromissos. E se somar os últimos jogos da season passada, são 22 derrotas em sequência. Em 2014/2015, a vitória só apareceu na partida 18.

Como o PN bem apontou alguns dias atrás (aqui), o Sixers tem a menor média de idade entre as 30 equipes. Onde sobra juventude, falta experiência. Falta um mentor. O jogador mais jovem e disponível no elenco é nascido em 1990. É o famoso time do futuro. O problema é que o pessoal está com a menor pressa para reconstruir a franquia. A palavra usada é paciência. No aguardo de Joel Embiid - o camaronês vai perder a sua segunda temporada e ainda não estreou, na esperança de um bom Draft e de tentar alguns negócios via troca, o Sixers vai tentando voltar a ser forte.

A torcida até que está prestigiando: a Wells Fargo Center está recebendo, em média, 14240 torcedores por encontro na Philadelphia. É apenas 65% da capacidade máxima da arena, porém, convenhamos: 14 mil é um número bacana. Imaginem só Doctor J. e Allen Iverson assistindo esse momento da franquia? O jeito é ter... PACIÊNCIA.



Siga o Paixão NBA no Twitter

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!