Acompanhe aqui:

13 de outubro de 2015

John Wall fecha parceria com assistente para diminuir os turnovers


Confere no PN >> Os preços atualizados do NBA League Pass

Desde que entrou na NBA em 2010, o objetivo de John Wall é se tornar o número 1. O jogador sempre deixou claro isso em seu bate-papo com a imprensa norte-americana. Buscando progredir em seu jogo, o armador do Washington Wizards vai se estimular de uma forma diferente nessa temporada visando diminuir seus números de turnovers. E essa mudança pode dar alguns prejuízos aos bolsos do jogador.

Se em 2014/2015 Wall atingiu double-double de média (17,6 pontos e 10,0 assistências por partida), ele não gostou do número de bolas perdidas: 3,8 por jornada. Esse número o levou a ser o quinto jogador com mais turnovers, ficando atrás apenas de Russell Westbrook, DeMarcus Cousins, James Harden e LeBron James. Ok, eu posso ter exagerado em dizer que Wall pode sofrer com prejuízos econômicos (vai receber 16 milhões de dólares em 2015/2016), entretanto existe uma pessoa que pode se dar muito bem nessa parada.

Seu objetivo é melhorar seus arremessos e diminuir, de forma significativa, o número de erros. Para se estimular e não entregar a bola tão fácil ao avdersário, Wall fechou uma parceria com seu assistente técnico, Howard Eisley, onde o armador pagará 100 dólares por cada partida que cometer mais de dois turnovers.

Se a parceria valesse na temporada passada, Eisley receberia cerca de 6200 dólares, já que Wall cometeu pelo menos três turnovers em 62 jogos (ele atuou em 79). E para deixar as coisas mais difíceis, o camisa 2 vai ter que se superar. Desde que entrou na liga, ele sempre terminou com médias acima dos 3,0 erros por noite. Boa sorte a ele! E o assistente técnico já esfrega as mãos...

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!