Acompanhe aqui:

3 de janeiro de 2015

Kobe Bryant perdeu a paciência com Jeremy Lin


O Los Angeles Lakers fez jogo duro diante de umas das melhores equipes da NBA, no entanto acabou perdendo para o Memphis Grizzlies por 109x106. Competitivo como sempre, Kobe Bryant perdeu a paciência com o time outra vez, dessa vez com o armador Jeremy Lin. O motivo: não ter cometido a falta rápida em Mike Conley.

O Lakers trouxe a diferença para apenas um ponto e inflamou a torcida presente no Staples Center. O problema era o relógio, que apontava apenas 22 segundos. Se o Grizzlies segurasse a bola o tempo inteiro, venceria o jogo sem esforço algum. Kobe queria uma falta imediata, gesticulou, abriu os braços e se irritou, porém Lin ficou esperando e o relógio foi andando. O camisa 24 saiu igual um condenado do garrafão para cometer a falta em Conley. A insatisfação do ala-armador com Lin era visível. 

O que pouca gente sabe é que a demora de Lin em fazer a falta para parar o cronômetro foi ordem do comandante do time, Byron Scott. O pedido era que a falta fosse cometida quando restassem 10 segundos. Kobe não sabia, ficou indignado e cuspiu brasas. 

O Grizzlies converteu os lances livres e forçou a franquia de Los Angeles acertar um arremesso para levar a peleja para a prorrogação. O menino Kobe Bean Bryant errou (perdeu os últimos 13 arremessos para empatar ou passar a frente nos cinco segundos finais do 4Q ou OT).

Saindo do banco de reservas, Lin foi o cestinha do jogo (ao lado de Ed Davis) com 20 pontos (9-14 FG), 5 assistências e 3 roubos. Já Bryant se aproximou de outro triple-double e terminou com 15 pontos (6-14 FG), 9 rebotes e 8 assistências.


0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!