Acompanhe aqui:

18 de dezembro de 2014

Alguns posts que você precisa ler...



Existem alguns posts aqui no Paixão NBA que é sempre bom relembrá-los. Por sempre estar mantendo o blog ativo com postagens, alguns posts vão caindo para baixo e alguns se tornam até esquecidos. O problema é que para aquele que adora acompanhar histórias da liga e fica conhecendo o blog há pouco tempo, perde a chance de acompanhá-los. Como já dizia o outro: SEUS PROBLEMAS ACABARAM.

Nessa ilustre postagem, tentarei lembrar de alguns posts que eu gostei de pesquisar e falar brevemente aqui no Paixão NBA. O blog tem muitas postagens e você pode pesquisar a vontade. Alguns com mais notoriedade vou colocar o link e recomendo boa leitura.


Hoje consagrado, Dirk Nowitzki já pode se aposentar que seus feitos na NBA já estão marcados para sempre. Mas e seu te dizer que lá em 1998 o Milwaukee Bucks ESCOLHEU o alemão e resolveu trocá-lo com o Dallas Mavericks? Nesse post, conto um pouco sobre Traylor que teve um triste final em sua vida.


O Los Angeles Clippers detinha a primeira escolha daquele ano. Com um leque de opções, resolveu ir de Michael Olowokandi. Bom, não deu certo, mas o blog fala um pouquinho dele e relembra até uma super briga com o brasileiro Nenê Hilário.


Eu sou fã de carteirinha do menino Steph. Sua forma de jogar, de conduzir o belo time dos Warriors e ver a sua mecânica de arremesso me encantam. E ele aprendeu tudo com Dell Curry, seu pai que trilhou passagens Utah Jazz e Cavs, porém se destacando com seus tiros de três em Charlotte. Curry aprendeu tudo em casa, senhoras e senhores!


Kobe Bryant está imortalizado. Cinco vezes campões desta liga, terceiro maior cestinha, diversos prêmios, diversas escolhas para o All-Star Game, recordes quebrados... simplesmente um gênio. Seu pai, Joe Bryant, também já trilhou um caminho na NBA. Não teve 2% do sucesso do filho, no entanto vale a pena falar do rapaz. Se liga!


Esse é um dos mais emblemáticos e a cada pesquisa eu ficava mais impressionado. O maior campeão da NBA, Russell sofria com racismo até da própria torcida de Boston. Alguns relatos são chocantes. Hoje a relação está saudável, houve perdão e tudo está certo.


Você sabia que o Klay Thompson teve pai sendo a primeira escolha do Draft, campeão com o Lakers e tudo mais? Pois é. Mychael trilhou uma jornada bem legal na NBA, apesar de não ter sido um super craque. Contribuiu muito para os títulos de 87 e 88. Hoje Mychael vê Klay brilhar, mas vê Mychel sem espaços na NBA.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!