Acompanhe aqui:

12 de novembro de 2014

Digam olá para Giannis Antetokounmpo


Neste início de temporada, confesso que está complicado para acompanhar todos os jogos. Toda aquela disposição nas férias em viajar ao Rio de Janeiro para cobrir a NBA, ficar por dentro de cada detalhe e tentar analisá-lo por completo vai diminuindo quando você volta ao trabalho. Mas os olhares seguem atentos à liga. Eu podia muito bem aqui vir e destacar o início de temporada de Stephen Curry, ou até mesmo rasgar elogios para o monstro Anthony Davis, porém quero ir mais fundo e destacar o início de um cara que tem um imenso futuro pela frente e tem qualidade para evoluir. Falo de Giannis Antetokounmpo.

Pior equipe da temporada passada, o Milwaukee Bucks salta com 4 vitórias em 8 jogos, alcançando o aproveitamento de 50%. Com os mesmos jogos em 2013/2014, eram 2 vitórias em 8 jogos. Os comandados de Larry Drew foram o saco de pancadas da NBA e venceram 15 jogos em 82 disputados. Uma lástima. Mesmo nesse fiasco, Giannis ganhou os olhares do público. Primeiro que seu nome é muito legal. Pô, ANTETOKOUNMPO é um barato! Seus números foram baixos, mas se você analisar bem a campanha de sua franquia, ver que ele é um reserva e apenas 18 nas costas, não é de jogar seus 6,8 pontos, 4,4 rebotes e 1,9 assistência por noite no lixo. O menino Giannis atuava cerca de 24 minutos por partida.

Chegou o Jabari Parker, o Brandon Knight está evoluindo, o garrafão segue sendo chamativo, O.J. Mayo resolveu acordar para a vida e o Jason Kidd, com sua experiência, deu um choque de ânimo nessa garotada. O elenco tem média de 24,5 anos, a terceira menor entre todas as franquias. Apesar de muito cru, Giannis dá amostras que pode ser uma figura importante.

Nos oito primeiros jogos da atual temporada, o grego já aparece com 10,9 pontos de média e 5,1 rebotes. Seu aproveitamento nos arremessos de quadra saiu de 41,4% para excelentes 50,7%. Com certeza Kidd está dando uma atenção ao garoto e o guiando para trilhar os melhores caminhos nessa liga marcada por muitos altos e baixos, e quem não conseguir se equilibrar nessa montanha-russa, cai fora logo. Torço para o sucesso de Antetokounmpo (estou digitando sem CTRL+C e CTRL+V), e quero mesmo ver um Bucks incomodando equipes mais badaladas. Isso é muito saudável para e inspira a reconstruções das outras franquias. O foco está em Davis, LeBron, Harden, Bosh e cia., porém, por favor, olho nesse menino também.

2 comentários :

Estou prestando atenção desde o draft, o menino é ótimo e promissor. Carrego sempre comigo no MyGM kkkkkkkkkk

Garoto é bom so manter o foco que pode ir longe

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!