Acompanhe aqui:

8 de janeiro de 2016

As estreias de todos os brasileiros da NBA

Marquinhos atuou no New Orelans Hornets
O primeiro jogo. A estreia. O momento que o jogador pisa pela primeira vez na quadra. Seja titular ou reserva, sempre há o friozinho na barriga e aquela vontade de mostrar serviço. Ao entrar em ação e vivenciar o momento de estar jogando na NBA, deve ser o sonho de qualquer profissional do basquete. Imagina para os atletas nascidos em terras tupiniquins.

De Rolando Ferreira até Cristiano Felício, o Brasil já viu ao todo 17 jogadores buscarem seu espaço entre os melhores do mundo. Atualmente temos 9 ativos. Como foi o debut desses rapazes? Tivemos alguém já mostrando impacto já na primeira jornada? Quantos minutos? Quantos pontos, rebotes e assistências? É hora de reunir todo esse pessoal e trazer o desempenho de cada um

O pontapé inicial foi em 1988, continua em 1991, tem uma pausa de 11 anos e volta com Nenê em 2002 e por aí vai. O pivô que foi selecionado pelo Denver Nuggets anotou um double-double logo de cara. Vitor Faverani teve um excelente início, decaiu, se lesionou e foi mandado embora do Celtics. No geral, a maioria não teve muito tempo de quadra para mostrar algo.

- Rolando Ferreira, Portland Trail Blazers (4 de novembro de 1988)
vs. Phoenix Suns; 4 minutos, 1 ponto (0-0 FG), 2 rebotes, 2 turnovers e 4 faltas.

- João Vianna, Dallas Mavericks (1 de novembro de 1991)
vs. San Antonio Spurs; 9 minutos, 2 pontos (1-2 FG), 2 assistências, 1 turnover e 3 faltas.

- Nenê Hilário, Denver Nuggets (30 de outubro de 2002)
vs. Minnesota Timberwolves; 28 minutos, 10 pontos (3-6 FG), 11 rebotes, 4 assistências, 1 toco, 4 turnovers e 3 faltas.

- Leandro Barbosa, Phoenix Suns (12 de novembro de 2003)
vs. Atlanta Hawks; 5 minutos, 4 pontos (2-3 FG) e 1 rebote.

- Alex Garcia, San Antonio Spurs (5 de janeiro de 2004)
vs; Denver Nuggets; 7 minutos, 0 ponto (0-4 FG), 2 roubos e 1 turnover.

- Rafael Araujo (Babby), Toronto Raptors (3 de novembro de 2004)
vs. Houston Rockets; 3 minutos, 2 pontos (1-2 FG) e 1 rebote.

- Anderson Varejão, Cleveland Cavaliers (4 de novembro de 2004)
vs. Miami Heat; 10 minutos, 7 pontos (3-5 FG), 4 rebotes, 1 assistência e 2 faltas.

- Marquinhos, New Orleans Hornets (atuando em Oklahoma) - 25 de novembro de 2006
vs. Dallas Mavericks; 9 minutos, 0 ponto (0-0 FG), 1 turnover, 3 faltas e 1 assistência.

- Tiago Splitter, San Antonio Spurs (1 de novembro de 2010)
vs. Los Angeles Clippers; 10 minutos, 2 pontos (1-2 FG), 2 rebotes, 1 roubo, 1 turnover e 1 falta.

- Scott Machado, Houston Rockets (28 de novembro de 2012)
vs. Memphis Grizzlies; 4 minutos, 2 pontos (1-1 FG), 1 rebote, 2 assistências, 1 roubo e 2 turnovers.

- Fab Melo, Boston Celtics (1 de fevereiro de 2003)
vs. Orlando Magic; 2 minutos, 0 ponto (0-0 FG) e 1 roubo.

- Vitor Faverani, Boston Celtics (30 de outubro de 2013)
vs. Toronto Raptors; 26 minutos, 13 pontos (4-6 FG), 3 rebotes, 3 blocks, 3 turnovers e 5 faltas.

- Bruno Caboclo, Toronto Raptors (11 de novembro de 2014)
vs. Milwaukee Bucks: 12 minutos, 8 pontos (3-6 FG), 1 rebote, 1 toco, 1 turnover

- Lucas Nogueira, Toronto Raptors (11 de novembro de 2014)
vs. Milwaukee Bucks: 9 minutos, 2 pontos (1-2 FG), 5 rebotes, 1 roubo de bola, 2 turnovers

- Raul Neto, Utah Jazz (28 de outubro de 2015)
vs. Detroit Pistons: 26 minutos, 8 pontos (3-6 FG), 1 rebote, 3 assistências e 1 turnover

- Marcelo Huertas, Los Angeles Lakers (28 de outubro de 2015)
vs. Minnesota Timberwolves: 13 minutos, 2 pontos (1-2 FG), 2 rebotes, 2 assistências e 1 turnover

- Cristiano Felício, Chicago Bulls (9 de novembro de 2015)
vs. Philadelphia 76ers: 1 minuto, 0 ponto e 1 assistência

1 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!