Acompanhe aqui:

15 de outubro de 2014

O primeiro técnico negro na NBA


O lendário pivô do Boston Celtics, Bill Russell sempre será lembrado como um dos ícones dessa liga. Eu já cansei de falar sobre o seu invejável currículo de 13 anos na NBA: 11 títulos, 5 prêmios de MVP e 12 aparições no jogo das estrelas. Mas o intuito do post de hoje não é para falar sobre o que ele fez dentro das quadras, mas relembrar um feito de suma importância: em 15 de outrubro de 1966, Russell se tornava o primeiro técnico negro da história da NBA.

Quando o técnico Red Auerbach decidiu se aposentar na temporada 1666-1667, ele procurou alguns nomes que poderiam dar sequência em seu vitorioso trabalho em frente a maior franquia da NBA naquele momento. Todos recusaram. Foi então que Auerbach chegou em Russell e perguntou se ele gostaria de assumir o cargo mesmo ainda sendo um atleta em atividade no basquete profissional. O pivô aceitou e o contrato foi assinado. Na coletiva de imprensa para o anúncio que pegou todos os jornalistas de surpresa, Russell quis deixar claro: "Esse trabalho não foi oferecido por eu ser negro, Red me ofereceu porque sabe que eu posso dar conta". E o mais bacana de tudo isso é que o Auerbach sempre foi lembrado por quebrar barreiras raciais. Ele foi o responsável em selecionar o primeiro atleta negro na liga: Chuck Cooper, em 1950. E em 1964, escalou um quinteto titular somente com atletas negros. Na época com o racismo sendo muito praticado (e nas grandes ligas isso não era diferente), o anúncio de Russell como treinador foi um golpe contra esse preconceito nojento. 

Como comandante, foram apenas três temporadas, porém vitoriosas. Em dois dos três anos, Russell conquistou o campeonato em cima dos seus tradicionais rivais na época, Wilt Chamberlain e Jerry West. Sua realização foi tão gigante que ele foi eleito o esportista do ano pela Sports Illustrated. Embora tenha tido muitos problemas com os fãs de Boston por causa do racismo (ele não foi na tradicional parada da vitória e encerrou a sua carreira de forma melancólica), Russell é uma legenda e seus feitos devem sempre ser relembrados. Sempre colocou o basquete na frente de qualquer indiferença.

Sua coragem e determinação para ser o primeiro treinador negro da NBA, abriu caminho e espaço. Ex-jogadores como Lenny Wilkens e K.C. Jones (seu companheiro no Celtics), trilharam a mesma trajetória e se tornaram técnicos. Foi Russell o responsável pela entrada de treinadores afros-americanos. Hoje eles são a maioria. Portanto, 15 de outubro é uma data sempre a ser lembrada Obrigado, Bill!

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!