Acompanhe aqui:

10 de novembro de 2015

NBA e seu novo contrato de TV


A NBA anunciou através de um comunicado em seu site, um acordo de nove anos de seus direitos de televisão e digital com as emissoras ESPN e TNT. O novo contrato entrará em vigor já na temporada 2016/2017 e vai fornecer 2,4 bilhões de dólares por ano em receitas para liga, superando os atuais 966 milhões.

O tal acordo permitirá a ESPN e ABC a transmissão de mais 10 jogos, e permitirá a emissora selecionar mais vezes os jogos das principais equipes, aquelas que estejam tendo mais impacto ao longo do ano. Nos playoffs, seguem os 44 jogos televisionados, além da exclusividade nas finais, assim como jogos excluvisos nas tradicionais quartas e sextas-feiras e domingo no horário nobre. O novo vínculo, também, dá os direitos da Summer League e D-League à ESPN.

Já a TNT terá 12 jogos a mais para transmitir durante a segunda metade da temporada em um dia alternativo à tradicional transmissão para todos os Estados Unidos (e que era exibido no canal Space no Brasil) na quinta-feira. No total, a emissora terá 64 jogos para transmitir na temporada regular. Nos playoffs, segue o mesmo esquema de transmitir todos os jogos de uma conferência nas finais.

O limite no teto salarial da NBA sofrerá algumas alterações. Se a gente já achou o valor que certos atletas receberam nesse verão, vamos nos impressionar nos próximos anos. O teto salarial vai pular dos tradicionais 63 milhões para 91,2 milhões de dólares. Com muito dinheiro envolvido, tá explicado o motivo de alguns jogadores optarem por contratos curtos. Muito em breve eles poderão explorar toda essa grana que vai entrar nos cofres da liga para pedir o máximo que conseguirem. O que já está bom, vai melhorar. Para nós, fãs da NBA, e para os jogadores. 

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!