Acompanhe aqui:

26 de julho de 2014

Lakers, Love, Leandrinho, Bebê, Ginobili... as rapidinhas da NBA

Futuro comandante dos Lakers?
Após alguns dias sem atualizar as rapidinhas da NBA, vou colocar nesse post aquilo que mais vem acontecendo de RELEVANTE na liga. Com muitos jogadores já com os times definidos para a próxima temporada, pequenos acertos vão acontecendo nesse momento. Vamos as breves informações!

- Segue a indefinição por Kevin Love. Após o Golden State Warriors perder força e ficar para trás, Chicago Bulls e Cleveland Cavaliers são os favoritos (noticiamos aqui no blog) por Kevin Love. O imbróglio segue porque há divergências entre jogador e time. Os Wolves preferem a oferta do Bulls, porém Love quer os Cavs. O agente do jogador já solicitou troca para os Cavaliers. Qual será desfecho dessa negociação?

- As informações que chegam da terra do Tio Sam é que o Los Angeles Lakers ofereceu o cargo de treinador para Byron Scott (foto). As negociações estão bem avançadas. Scott jogou nos Lakers em 11 temporadas (belos números, diga-se de passagem), conquistou três títulos e tem identificação com a franquia. Como treinador, já foi eleito Coach of The Year (2007-2008), e seu último trabalho foi no Cleveland Cavaliers, em 2012/2013. 

- O Toronto Raptors anunciou que vai pagar a multa rescisória de Lucas Nogueira (Bebê) e vai contar com o jogador para a temporada 2014/2015. Por Lucas ter contrato em vigor com o Asefa Estudiantes, da Espanha, os canadenses vão pagar 550 mil dólares enquanto o atleta arca com 250 mil. 

- Recentemente Carmelo Anthony revelou que sempre esteve entre fechar com New York Knicks e Chicago Bulls. Em certo momento ele chegou a ter interesse no Los Angeles Lakers, mas a maioria das vezes era Bulls ou Knicks mesmo. Ele fechou com a franquia de New York por 124 milhões nos próximos cinco anos. Em entrevista, disse que não escolheu dinheiro (?) e sim uma equipe pra vencer.

- Leandrinho ainda não está autorizado a treinar com a seleção brasileira. Sem clube, ele não tem ninguém para pagar o seguro (o time é quem paga). Com isso, a CBB deverá arcar com os gastos (250 mil). O empresário do brasileiro pede para a confederação esperar um pouco mais. Algum time da NBA está interessado no atleta.

- Voltando a falar brevemente de Kevin Love: ele pediu dispensa da seleção americana de basquete. Vai seguir se preparando para a próxima temporada. Seu medo é se lesionar no mundial e perder a chance de ingressar em uma grande franquia com ambições de título. Blake Griffin foi outro que pediu dispensa.

- O israelense Omri Casspi foi dispensado pelo Houston Rockets, mas já tem novo time: Sacramento Kings. O jogador foi draftado pelo próprio Kings, na 23ª escolha do Draft de 2009. Ele chega para atuar 1 ano pelo salário mínimo de veteranos.

- O Atlanta Hawks anunciou que vai renovar o contrato do armador Shelvin Mack. Após boa temporada em 2013/2014, Mack anotou 7,5 pontos e 3,7 assistências por jogo vindo do banco de reservas. Serão 3 anos e 7,3 milhões de dólares.

- O argentino Manu Ginobili está recuperado de lesão, recebeu o OK dos médicos argentinos, porém só vai disputar o Mundial de basquete na Espanha se o San Antonio Spurs autorizar. E agora?

- A liga está cogitando aumentar o tempo de descanso dos atletas na parada para o All-Star Game. O pensamento inicial é dar uma folga de sete dias. O problema é que pode apertar o calendário da liga e forçar os times a jogarem seguidos "back-to-back". O calendário oficial sai em agosto.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!