Acompanhe aqui:

10 de julho de 2014

Donald Sterling chama sua mulher de porca em pleno tribunal



O ainda proprietário do Los Angeles Clippers, Donald Sterling, segue dando o que falar. O último capítulo de sua briga interminável com a NBA aconteceu recentemente no tribunal. Durante a sessão, o bilionário que se envolveu na polêmica de racismo, reprendeu sua esposa e os representantes da liga. O julgamento vale para ver o senhor de 80 anos pode ser declarado incompetente mental.

Após Shelly Sterling dar o seu testemunho, ela se aproximou a Sterling, que gritou: "Fique longe de mim, sua porca!". Vale frisar que Shelly é uma das pessoas que tenta vender o Los Angeles Clippers, no entanto, Donald se mantém totalmente contra à venda da franquia. Shelly comentou que segue amando seu marido, porém notou mudança de comportamento depois do episódio de racismo, em abril.

Segundo Donald, proprietário desde 1981, a venda está totalmente descartada e que ele seguirá processando a NBA até o dia de sua morte. Para finalizar, seguiu disparando críticas à sua mulher: "Eu estava enganado. Eu confiava nela. Eu nunca pensei que uma mulher poderia mentir ao seu marido."

A NBA declarou que se a venda não acontecer até 15 de setembro, os Clippers serão colocados à venda em um leilão. Além das novelas com os agentes livres, temos que acompanhar esse racista defecar pela boca toda vez que vem à público. 

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!