Acompanhe aqui:

30 de junho de 2014

Jason Kidd deixa o Brooklyn Nets e assume o Milwaukee Bucks



A bomba começou a estourar no sábado pela noite. Todos ficaram surpresos com os pedidos de Jason Kidd. Ora, você teve uma história linda como jogador da franquia, tem a sua camisa aposentada, recebe o cargo de treinador e atua por uma temporada. Está tudo ótimo, não? Mas a insanidade começa quando ele exige virar supervisor das operações de basquete além de comandar a equipe.

Com a rejeição dos Nets, Kidd foi conversar com o Milwaukee Bucks. Tem muita gente talentosa por lá que ele, com sua experiência, pode guiar. E o negócio foi fechado. A conversa fluiu e tanto Kidd quanto Bucks se acertaram. Ele vai comandar (seja como chefão ou treinador) a franquia nas próximas temporadas. O Nets, como compensação, recebe duas escolhas de segunda rodada do Draft (2015 e 2019).

Após assinar em 12 de junho de 2013, o técnico permanece pouco mais de um ano no comando da franquia de New York. Sua temporada como novato na função nova foi de 44 vitórias e 38 derrotas. As aventuras nos playoffs foram até as semifinais de conferência, com derrota para o Miami Heat.

Segundo fontes da ESPN, os Nets já trabalham com alguns nomes do mercado: Lionel Hollins, George Karl e Mark Jackson. O certo é que Kidd vai para Milwaukee e vai conviver um grupo de novatos cheio de talentos. Sabendo conduzir os garotos, o futuro dos Bucks é promissor. Mas vamos ter calma. O processo é longo.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!