Acompanhe aqui:

27 de maio de 2014

As futuras estrelas da NBA - Parte 2

Marcus Smart
Ariel Paiva (@tripledouble_)

Senhores, dando sequência nos posts falando sobre as futuras estrelas da NBA. Lembrando que estamos apenas destacando alguns atletas, sem arriscar sua posição no Draft, muito menos a equipe que ele será selecionado. É apenas um informativo.

Parte 1

Marcus Smart 

Armador com excelente capacidades físicas. É ótimo passando a bola, infiltrando em velocidade (o que facilita os contra ataques) e tomando decisões ofensivas. Usualmente consegue "arrancar" muitas faltas da arbitragem, mas por isso também é conhecido por flopar demais e muitas vezes arranjar confusão, devido a intensidade com a qual joga e a sua competitividade (comparado a de Joakim Noah). Defensivamente é excepcional, podendo marcar outros jogadores que não armadores devido ao seu físico. Precisa aprimorar a mecânica de seu arremesso, além da consistência do mesmo. Seleciona mal alguns chutes, principalmente pull-ups. Um caso bastante conhecido de Smart foi quando ele deu um soco em um torcedor de Texas durante uma partida, o que pode fazer com que alguns GM's fiquem com um pé atrás com ele.

Comparação na NBA: Tyreke Evans.

James Young



Young é aquela shooter maluco que estamos acostumados a ver em Carmelo Anthony e James Harden. Tem uma mecânica rápida de arremesso, o que possibilita o chute com marcação cerrada, como o ala costuma executar. Bastante potencial defensivo, bom pegando rebotes e joga com bastante energia, o que o torna "bom no vestiário". Infelizmente, força muitos chutes. Tem trabalhado bastante para criar seu próprio arremesso, mas ainda não está pronto para fazer isso, além de não ter o físico pronto para a NBA. Mostra talento, precisa ser bem refinado.

Comparação na NBA: Aaron Afflalo

Tyler Ennis


Temos um puro armador no draft! Ennis é o tipo de jogador "pass first" que todo mundo gosta de ver jogar e principalmente os fãs mais velhos sentem falta. Extremamente inteligente e maduro, principalmente na sua idade, Tyler faz com que os seus companheiros joguem melhor, colocando-os em boas posições para pontuar e movimentar a bola. Consegue pontuar bem no perímetro, tanto no catch-and-shoot quanto vindo do pick-and-roll. Tem boa envergadura e marca com alto risco, conseguindo assim roubadas de bola. Em contrapartida, seu porte físico não é ideal e não está pronto para a NBA. Tem dificuldades para pontuar próximo da cesta e de se livrar da marcação sem ser no pick-and-roll, além de ter alguma dificuldade na para marcar mano a mano.

Comparação na NBA: Rajon Rondo.

Aaron Gordon


Gordon atua como ala-pivô daquele tipo esforçado e explosivo. Gosta de finalizar as jogadas com agressividade e tem impulsão suficiente para brilhar com pontes-aéreas, além de ser um bom passador e extremamente eficiente defensivamente. Pula em todas as bolas, defende todos os chutes, não tem medo de brigar por rebotes. Precisa trabalhar na segurança com a qual segura a bola e na sua mecânica de arremesso e principalmente nos lances livres. Fora de quadra é o famoso "good guy", bom para vestiários. Pode ter impacto imediato na NBA como role player.

Comparação na NBA: Kenneth Faried

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!