Acompanhe aqui:

24 de maio de 2014

A polêmica expulsão de Rasheed Wallace nas finais do oeste em 2000

 Das 30 franquias, apenas 4 estão vivas na busca pelo título. Como o tema é finais de conferência, gostaria de lembrar uma polêmica que aconteceu há 14 anos, nas finais do oeste de 2000. Na ocasião, o Portland Trail Blazers enfrentava o Los Angeles Lakers e a série prometia muito.

A equipe do Oregon contava com o polêmico Rasheed Wallace (apenas 25 anos na época) e precisava correr atrás da vantagem (o mando de quadra era dos Lakers). No jogo 1, disputado em 20 de maio, a tensão começou cedo. A partida se encontrava totalmente equilibrada, mas no segundo período o Lakers começou a ditar o ritmo e abriu vantagem. Após ir para o banco de reservas, Sheed disparou comentários ao árbitro Ron Garretson, que não gostou das palavras e já aplicou  falta técnica no jogador.

No segundo tempo, Wallace enterrou uma bola, sofreu a falta e vibrou muito. O problema é que o árbitro Garretson não gostava das "encaradas" visuais que recebia do atleta. Após um pedido de tempo, Wallace ficou apenas olhando para o juiz. Sem dizer uma mísera palavra, foi ejetado do jogo.

Companheiro de equipe, Steve Smith correu até Garretson e falou: "Ele não disse nada! Ele não disse nada!". Mas a marcação já estava feita. O motivo? Sheed causava uma atitude negativa.

Com 41 pontos do monstro Shaquille O'Neal, os Lakers venceram o jogo por 109x94. A série se arrastou até o jogo 7, e, aproveitando o mando de quadra, os comandados de Phil Jackson foram às finais (acabariam vencendo o Indiana Pacers).

E aí, o que você achou dessa marcação de falta técnica? Exagerado? Sheed forçou? Comenta aí!

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!