Acompanhe aqui:

11 de maio de 2014

A evolução no jogo de Serge Ibaka merece atenção


Ariel Paiva (@tripledouble_)

Serge Ibaka vem nos mostrando que seu arsenal ofensivo tem aumentado constantemente. O alvo tem sido o Los Angeles Clippers. Como recomendado pelo treinador do time de Chris Paul, Doc Rivers, a estratégia defensiva era realmente deixar que o ala-pivô ficasse livre para chutar seus mid-range, afinal, "dois é melhor do que três" se referindo aos arremessos do MVP Kevin Durant.

Voltando no tempo, percebemos que Ibaka tem treinado bastante no sentido de virar realmente uma arma ofensiva da equipe, visto que Westbrook é instável e Durant, apesar de raros, também tem seus momentos de baixo rendimento. Aliás, quando o armador esteve machucado nesta temporada, o ala-pivô assumiu a equipe juntamente com Kevin e carregaram o Thunder aos playoffs. Analiticamente, Serge saiu de 9.1 pontos e 7.5 rebotes na temporada 11-12, quando assumiu a titularidade do Thunder, para 15.1 pontos e 8.8 rebotes nesta temporada, com 53% de aproveitamento nos arremessos. Até aí tudo bem, afinal seus minutos aumentaram (5).

Na defesa, foi o terceiro melhor defendendo o garrafão, cedeu apenas 44% dos pontos (atrás apenas de Hibbert e Robin Lopez), apesar de apanhar um pouco nos playoffs, aonde cede metade dos pontos. 60% de aproveitamento nos rebotes, nos dois momentos da temporada. No catch-and-shoot quase metade dos arremessos convertidos, porém é nos chutes de curtas distâncias que ele se destaca, aonde tem 93.3% de aproveitamento. Na participação do jogo, medido pelos "toques por posse", Ibaka participou mais do que Iguodala nos playoffs e do que Paul Pierce na temporada regular, o que demonstra seu papel de protagonista no sistema do treinador Scott Brooks.

Um jogador de topo em um time de topo, Serge Ibaka assume um papel importante e um "fator-x" nessa série contra o Clippers, aonde enfrenta o terceiro colocado no prêmio ao MVP, Blake Griffin. Podemos esperar brigas, enterradas, tocos e tudo mais nos próximos capítulos desta série fantástica.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!