Acompanhe aqui:

16 de abril de 2014

Os 8 pontos em 9 segundos de Reggie Miller


Com certeza ele é um dos maiores carrascos do New York Knicks. Sua rivalidade contra a franquia de New York é tão gigantesca que ganhou documentário. É óbvio que estou falando de Reggie Miller. Suas provocações à Spike Lee, sua gana de vitória no Madison Square Garden sempre ficaram na memória dos torcedores.

Hoje está na hora de falar do jogo 1 das semifinais de conferência leste. Após fazer uma campanha melhor na temporada regular, o New York Knicks tinha mando de quadra a favor no confronto contra o Indiana Pacers. Tudo parecia estar encaminhado para a vitória do time de Patrick Ewing e cia. A vantagem era de 6 pontos e somente 18,7 segundos para serem jogados. Quem imaginaria uma virada? Reggie imaginava.

Aqueles dezoito segundos no relógio era tempo necessário para virar, tomar um café e ainda tirar sarro do Spike Lee na beira da quadra. Toda reviravolta inicia quando Miller acerta um chute de três, diminuindo a vantagem dos mandantes para 3 pontos. Na saída de bola, os Knicks fazem besteira e a bola sobra para Reggie, que dá um passinho para trás e arremessa para empatar. Tudo isso em pouquíssimos segundos. Coitado do torcedor que pensou: "Vou no banheiro e já volto ver esse fim de jogo". 

Em sequência, John Starks tem a chance de colocar os Knicks na frente, porém ele perde os dois lances livres. Reggie Miller entra em ação novamente ao pegar o rebote e sofrer falta que deixou todo o ginásio indginado com a arbitragem. Ele converte os lances livres e, de forma incrível e imaginável, vira o jogo: 107x105.

São 8 pontos em questão de 8,9 segundos. O semblante de tristeza no banco dos Pacers quando tudo parecia perdido era visível. Ninguém poderia imaginar que aquele cidadão, levando o número 31 nas costas poderia fazer tudo aquilo. A franquia de Indianápolis venceu a série por 4x3 e avançou às finais de conferência (perderia para o Magic de Shaq por 4x3). E seguimos na espera dos playoffs!

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!