Acompanhe aqui:

3 de fevereiro de 2014

Hoje brilhando na NBA, Stephen Curry aprendeu tudo com o pai


Hoje vivendo o melhor momento de sua carreira, Stephen Curry, finalmente vai atuar no All-Star Game. Pelo voto do público, ele venceu a disputa com Chris Paul (que está lesionado, é claro) e será titular da conferência oeste no jogo festivo. Com média de 24,5 pontos e 9,0 assistências por jogo, Steph definitivamente é um dos melhores jogadores da atualidade.

E ele ainda é novo: tem apenas 25 anos de idade. Após sofrer com lesões na temporada 2011/2012 (atuou em apenas 24 jogos), parece tudo estar dando na vida do garoto. E por trás de tudo tem um nome: Wardell Stephen Curry. Seu pai sempre se fez presente em sua vida e agora vê o filho brilhar nas quadras. E sabe onde que Steph aprendeu a chutar tão bem? Com o pai. Dell Curry teve uma longa passagem na NBA, que durou 16 temporadas, iniciando em 1986 e terminando em 2002.

Ala-armador saiu da universidade com média de 24,1 pontos, 6,8 rebotes e 3,8 assistências. Suas atuações na NCAA chamaram atenção e Dell foi selecionado pelo Utah Jazz na 15ª escolha do draft de 1986. No entanto sua passagem não foi boa em Sal Lake City e o jovem de 22 anos se mudou para Cleveland, onde atuou por 1 temporada e viu seus números crescerem em relação à temporada de calouro.

Mas foi em Charlotte que Dell se tornou conhecido. Na franquia da Carolina do Norte foram 10 temporadas com média de 14 pontos, o que era ótimo para um atleta reserva. Sua carreira inteira foi um sexto homem: em 1083 partidas na NBA, jogou como titular em 99.

Na temporada 1993/1994 é eleito o sexto homem da temporada com média de 16,3, 3,2 rebotes e 2,9 assistências em 26,5 minutos. Em 1998/1999, já atuando no Milwaukee Bucks, tem o melhor aproveitamento nas bolas de três da temporada: 145 chutes longos e aproveitamento de 47,6%. Antes de se aposentar, teve três temporadas no Toronto Raptors (média de 6,7 pontos em apenas 15 minutos de quadra). 

Seu último jogo na NBA aconteceu em 2 de maio de 2002, na emocionante série entre Toronto Raptors e Detroit Pistons, nos playoffs. No quinto e decisivo jogo, os Pistons venceram por 85x82. Curry teve bela atuação, anotando 17 pontos em 22 minutos. Somente ele, Andre Miller e Ray Allen anotaram 17+ pontos aos 37 anos de idade saindo do banco de reservas.

Com as 1245 bolas de três convertidas, Dell aparece em 36º no ranking de atletas que mais acertaram chutes longos na história. O filho, Steph, aparece em 111º na lista com 797 bolas convertidas. Quanto tempo para passar o pai?


Esse laço entre os dois é bem bacana porque Stephen aparecia, ainda criança, nos ginásios acompanhando as partidas do pai. Após ter uma boa carreira atuando na maior liga do mundo, agora é a vez de Dell se sentar nas cadeiras junto ao público e ver o seu filho mais velho mostrar o seu talento. 

Ah, não posso me esquecer de mencionar Seth Curry, outro filho de Dell que tenta espaço na NBA. Até agora o jogador de 23 anos não conseguiu muita coisa, sendo dispensado pelo Golden State Warriors (time do irmão) e Memphis Grizzlies. Mas Seth tem muito arroz e feijão pra comer ainda e tem condições de evoluir.

Quando o filho de Stephen ou de Seth estiver brilhando, vamos voltar aqui e relembrar as atuações do avô Dell. E assim vamos contando algumas histórias da maior liga de basquete desse planeta.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!