Acompanhe aqui:

7 de janeiro de 2014

A troca do dia: Luol Deng vai para os Cavs enquanto Bynum é dispensado do Bulls


A terça-feira começou com trocas. O Cleveland Cavaliers estava louco para se livrar de Andrew Bynum, que vinha tumultuando o ambiente no vestiário e por isso foi afastado por conduta prejudicial ao time. Hoje, 7 de janeiro, era o último dia para contratos forem pagos de forma integral.

O time de Ohio pagou apenas 6,5 milhões à Bynum, e hoje teria que pagar o restante (o pivô fechou contrato de 24 milhões de dólares). Em caso de falha ao tentar trocá-lo, a saída seria dispensar o atleta, que se tornaria agente livre e poderia assinar com qualquer franquia.

Tudo indicava que a troca seria com o Los Angeles Lakers. Os Cavs queriam trocar Bynum pelo espanhol Pau Gasol. No entanto, a equipe da Califórnia queria incluir um outro jogador (Dion Waiters). Prontamente os Cavaliers rejeitaram e buscaram outro time para efetuar a troca.

Quando tudo levava a crer que aconteceria uma dispensa, surge a notícia de uma troca envolvendo o Chicago Bulls. Os Cavs vão enviar Bynum e escolhas futuras no Draft enquanto os Bulls enviam Luol Deng para Cleveland.

Por que o Bulls dispensou um de seus melhores atletas? Os dirigentes já iniciaram o projeto para a próxima temporada. Pensando em um astro free agent na offseason, os Bulls também pensam em anistiar Carlos Boozer. O plano é acabar com os contratos longos e altos em valores para o time ter espaço no caixa. O sonho de consumo é Carmelo Anthony, hoje jogador do New York Knicks.

Mike Brown receberá um ala pontuador (Luol Deng é o quarto maior cestinha da história do Chicago Bulls). Pode encaixar atuando ao lado de Kyrie Irving e um garrafão forte (Anderson Varejão e Tristan Thompson). Há esperanças ainda em Cleveland. No Illinois, o Bulls dá entender que essa temporada, principalmente depois da lesao da lesão de Derrick Rose, terminou para eles.

E nem chegou direito na nova franquia, Bynum foi cortado. Os Bulls só vão pagar 6,5 milhões (uma espécie de adiantamento) e se livram do atleta, que se torna agente livre. Ao se livrar do jogador, a franquia deixa de pagar o salário completo (cerca de 24 milhões). Bynum pode assinar com qualquer equipe. Muitas propostas vão acontecer, no entanto é ele que decide seu futuro.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!