Acompanhe aqui:

3 de novembro de 2013

A sensação chamada Michael Carter-Williams


Ele tem apenas 22 anos e 22 dias de vida, é novato, foi draftado pelo Philadelphia 76ers no 11º pick do Draft de 2013. Senhores e senhores, estou falando de Michael Carter-Williams, sensação dessa quase primeira semana de NBA.

Todos apontavam os Sixers como favorito para ser a pior equipe na temporada e sair na frente por Andrew Wiggins, o garoto que vem destruindo no basquete amador e chamado por muitos de "o novo LeBron James".  Agora, com três vitórias em três jogos, talvez possamos olhar essa equipe com outros olhos, principalmente com o calouro com confiança (o essencial para o sucesso de um atleta).

A estreia de Carter-Williams ocorreu no dia 30 de outubro, diante do atual bicampeão Miami Heat. O ex-jogador da universidade do Syracuse ignorou todos os prognósticos e teve uma atuação de gala: 22 pontos, 12 assistências, 9 roubos de bola e 7 rebotes. Imagina a cabeça dele: estrear com vitória contra o Heat e beirar quadruplo-duplo.

Logo em seguida, os Sixers viajam até a capital americana e duelam contra o Washington Wizards, time que se reforçou e que busca a pós-temporada após muitos anos. Outra boa vitória do time da Philadelphia, com uma atuação mais tímida de Williams: 14 pontos e 5 assistências (o que é bom para um novato).

Ontem ele já tinha o seu primeiro grande confronto contra um armador: enfrentaria Derrick Rose, do Chicago Bulls. O intervalo apontava 15 pontos de frente para o Bulls. Foi aí que Michael apareceu. Com belas infiltrações, roubos de bola e lindas assistências, ele liderou seus companheiros para uma grande virada e um início de 3-0.

Foram apenas 3 jogos, 3% da temporada. No entanto, como eu disse, confiança do calouro deve aumentar muito com essas grandes atuações. Agora vamos perder observar como ele lida com a pressão, afinal seu nome já está na boca do povo e os adversários vão querer acabar com sua farra. Será que Michael Carter-Williams mantém esse ritmo e ajuda a guiar o Sixers para uma bela temporada? Conseguir 3-0 já foi uma surpresa. E agora? Melhor esperar a resposta do camisa 1.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!