Acompanhe aqui:

20 de outubro de 2013

Os árbitros da NBA: Dick Bavetta e Joe Crawford


O árbitros. Ah, os árbitros. Que profissão ingrata. Tenho certeza que você já xingou muito aquele cidadão que fica com um apito na mão, atento a cada movimento dos atletas em quadra. Comentários de "juiz caseiro", "juiz ladrão, "juiz que não deixa o jogo andar", entre outros, são os mais falados ao longo dos meses em que a temporada da NBA está em ação.

Cada árbitro da NBA recebe um número para ser reconhecido. Tem o nº 2, o 42, 48, 55 e por aí vai. Diferente do futebol profissional, onde o árbitro tem um limite de idade para exercer a função, no basquete é diferente. Na NBA está liberado. Se o cidadão, por mais que esteja velho, enxergando e tendo disposição para atravessar a quadra, está apto para trabalhar.


A liga tem a vasta de lista de profissionais para apitarem as partidas, no entanto eu gostaria de chamar a atenção de dois árbitros: Joe Crawford e Dick Bavetta. Esses dois simbolizam uma espécie de Arnaldo Cesar Coelho e José Roberto Wright. A única diferença é que eles continuam ativos.

Com o número 27 nas costas, Dick Bavetta é o árbitro mais velho da liga. Ele é árbitro de basquete desde 1975, ou melhor, 38 temporadas. Sua estreia da NBA ocorreu em 4 de novembro de 1988, quando o Chicago Bulls, de Michael Jordan, acabou sendo derrotado pelo Detroit Pistons, de Isiah Thomas.

Aqui podemos ver um pouco de Bavetta em ação:



Joe Crawford, o número 17, é árbitro desde o início dos anos 70, porém foi contratado pela NBA apenas em 1977. Sua estreia ocorreu no mesmo dia de Bavetta. Na rodada inaugural da temporada 1988-1989, o careca foi um dos árbitros do duelo entre New York Knicks, de Patrick Ewing, contra o Boston Celtics, de Larry Bird. O time celta levou a melhor: 122-115.

Aqui vemos Joe anotando uma falta com toda sua irreverência:


Pense bem antes de xingar esses caras. Eles podiam estar em casa, curtindo a aposentadoria, mas estão trabalhando e escutando o choro de jogadores e técnicos. Um viva para os árbitros!

1 comentários :

Dick bavetta operava os Knicks nos velhos confrontos contra o Bulls de MJ. Aquela defesa "soft" dos Knicks dos anos 90, era só encostar que Dick dava falta. Apesar de tudo eu gostava do bavetta. Agora o Crawford é ladrão e caseiro mesmo ...

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!