Acompanhe aqui:

3 de maio de 2013

Playoffs não é comum em Oakland


O Golden State Warriors fechou a série contra o Denver Nuggets e agora é o adversário do San Antonio Spurs na semi-final de conferência. A torcida da equipe está fazendo uma grande festa, empurrando seus atletas e tentando intimidar os adversários. Nos três jogos em Oakland, os Warriors venceram os três, algo que foi fundamental para eliminar o bom de time de George Karl.

O mais interessante é que para quase todos os mais de 19 mil torcedores que lotam a Oracle Arena, os playoffs é quase uma novidade. Quando a franquia se alojava na Phildadelphia, era comum ver o time indo longe. Depois, San Francisco recebeu esse time de braços abertos. Foram boas campanhas, com os Warriors chegando a 2 finais (perdendo ambas). A transferência para Oakland aconteceu em 1971. Logo na quarta temporada veio o título da NBA. Depois do título, foram disputadas 38 temporadas e os Warriors se mostrarem presente em apenas 9 pós-temporada.

Quando eu digo que hoje muitos que estão indo ao ginásio apoiar o time e que não estão acostumados com os playoffs, é porque houve um período de seca: os Warriors ficaram anos sem ir para a pós-temporada. As boas campanhas vieram nos anos 70 quando a maioria não era nem nascida.

Em 1994, quando caíram na primeira fase para o Phoenix Suns, a primeira vez que a franquia voltou a se classificar para os playoffs aconteceu apenas em 2007. Nesse ano, o time surpreendeu a todos ao eliminar o Dallas Mavericks, time que havia vencido 67 partidas na temporada regular (melhor campanha entre todos os times). Em seguida, tomou 4x1 do Utah Jazz e se despediu.


Passado 6 anos, com Stephen Curry, David Lee, Klay Thompson, Andrew Bogut, Jarrett Jack e cia., o Golden State Warriors retorna aos playoffs para alegria de sua torcida, que agora espera ver uma sequência boa. Não adianta fazer bonito em uma temporada e ficar longos anos assinando League Pass para ver os demais times brigando pelo título.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!