Acompanhe aqui:

29 de abril de 2013

Jason Collins assume ser homossexual

Collins ainda quando vestia a camisa do Celtics
O pivô Jason Collins, que jogou a última temporada pelo Washington Wizards, assumiu ser homossexual e se tornar o primeiro jogador assumido entre as maiores ligas norte-americana. A história completa de Collins será contada pela revista Sports Illustrated, que fez uma super entrevista com o atleta.

Na liga desde 2001/2002, Collins já vestiu a camisa de 6 franquias da NBA: New Jersey Nets, Memphis Grizzlies, Minnesota Timberwolves, Atlanta Hawks, Boston Celtics e Washington Wizards. Sempre foi um jogador forte, que pouco atinge números expressivos, mas é importante por seu trabalho sujo (bloqueios, faltas forçadas, jogo forte na defesa, etc.). Sua melhor temporada aconteceu em 2004/2005, quando teve médias de 6,4 pontos e 6,1 rebotes por partida. Ele já jogou duas finais de NBA (2001/2002 e 2002/2003).

Em 2013, Jason é um free agent e ainda quer continuar jogando basquete. Em sua opinião, ele ainda é útil para qualquer equipe desta liga. Ele espera ganhar a oportunidade e espera que sua opção sexual não seja um problema.

A frase de Collins que mais chamou atenção foi:

”Tenho 34 anos de idade. Sou negro. Sou gay”.

O comissário da NBA, David Stern, comentou sobre o episódio e deu muita força ao atleta:

"Jason é um jogador altamente respeitado durante toda sua carreira e estamos orgulhosos de sua coragem"

Um dos maiores nomes do basquete, Kobe Bryant, também apoiou muito a coragem do pivô:

"Orgulhoso de Jason Collins. Não sufoque quem você é por causa da ignorância dos outros"

Em cinco minutos, Collins ganhou mais de 1000 seguidores no twitter. As mensagens de apoio não param de chegar, porém, veremos se isso acontece na prática. Quem vai dar uma chance para Collins? Como será a reação dos demais jogadores? Isso que eu quero ver...

Confira a capa da Sports Illustrated:

1 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!