Acompanhe aqui:

20 de março de 2013

Parabéns Pat Riley!


Um dos maiores ícones da NBA está completando 68 anos de idade nesse 20 de março de 2013. Se trata de Pat Riley, um cara que se destacou por onde passou. Jogador, treinador e dirigente. Esse é Patrick James Riley, que além de se destacar como profissional, se destacou como ser-humano.

Na época que foi anunciada que Magic Johnson tinha HIV, todos viraram as costas para um dos maiores jogadores da liga. Menos Riley. Pat, então treinador do New York Knicks, viajou até Los Angeles e chamou Magic para treinar. Sem medo de contato próximo (na ocasião achava-se que o vírus se passava pelo suor), Pat deu esperanças de vida para Magic, que encarou o vírus de cabeça erguida e hoje é um exemplo para quem tem HIV.

Como jogador, Riley atuou como ala e ala-armador. Jogou em três equipes: San Diego Rockets, Los Angeles Lakers e Phoenix Suns. Em 11 temporadas, teve média de 7,4 pontos e 1,7 assistências por jogo. Ele tem um título: 1971-1972 com os Lakers de Gail Goodrich, Jerry West, Elgin Baylor e Wilt Chamberlain.


Na função de treinador, Riley comandou três equipes: Los Angeles Lakers, New York Knicks e Miami Heat. Foi bem em todas as equipes. Nos Lakers, conquistou 4 títulos, sendo 3 vezes campeão da conferência oeste. Em 1991-1992 se transferiu para New York treinar os Knicks. Sempre teve boas campanhas, mas não conseguia ir longe na pós-temporada. Tem um título da conferência leste em 1993-1994.

Em 1995-1996 se transferiu para South Beach treinar o Miami Heat. Em suas 8 primeiras temporadas no comando da franquia, ficou de fora dos playoffs em apenas duas temporadas. Em 2002-2003, resolve virar general manager do Heat, dando o lugar de treinador a StanVan Gundy. Não demorou muito e Riley voltou ao comando técnico do Heat para levar a franquia ao seu primeiro título da NBA, em 2005/2006. Ao fim da temporada 2007/2008, resolve encerrar sua carreira de técnico e vira presidente executivo no Miami Heat.


Em toda sua carreira como treinador, Riley venceu 1210 jogos e perdeu somente 694 (63,5% de aproveitamento). Como chefão em Miami, viu sua equipe conquistar o segundo título da NBA. E ele quer mais. É um ícone, uma lenda. É Pat Riley!

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!