Acompanhe aqui:

22 de março de 2013

NBA 2k13: Association Friday

Sérgio Júnior

Começa hoje nosso quadro “Association Friday” onde falaremos sobre o modo Association, que talvez seja o principal mogo de jogo do NBA 2k13. Durante esses posts, irei dando dicas e desafios para você jogar.

Hoje começo com o campeão da temporada 2010-2011, o Dallas Mavericks! Após finalmente conseguir o título, a franquia de Mark Cuban esfriou um pouco nos últimos dois anos, mas com certeza pretendem um rebuild rápido para tentar mais uma vez levar Dirk Nowitzki ao topo, e é esse o ponto desse desafio.



Starters 

 Darren Collison – 76 – PG : Darren é seu principal armador e está em seu quarto ano. O grande defeito de Collison talvez seja altura, tem apenas 6’0” e pode não agradar a maioria dos jogadores, ainda assim é um jogador com certo potencial e sendo agente livre restrito, com certeza merece uma renovação, no mínimo fica como uma boa peça de troca. É possível conseguir um contrato de 7.4M/ano com ele, o que é razoável pelo jogo dele.

O.J. Mayo – 81 – SG/PG: O.J. tem apenas um ano de contrato e um player option, e merece ser tratado como prioridade. Ele traz um mid-range e um chute de 3 pontos muito forte e pode ser titular da sua equipe por muitos anos.

Chris Kaman – 76 – C: Essa coisa feia da foto é mesmo Chris Kaman e ele também está em seu último de contrato, 8M, e pelo preço certo pode até merecer a renovação por mais um ou dois anos, mas não chega a ser prioridade. Apesar de ter várias qualidades, provavelmente o preço da renovação de Kaman sairá muito alto e pode comprometer a assinatura de algum free agent mais interessante.

Dirk Nowitzki – 85 – PF/C: Dirk é uma lenda, maior jogador da história do Mavs e trocar ele transforma você em um monstro mau caráter! Nowitzki talvez tenha o arremesso mais mortal do jogo, mestre no pick & pop e no low post. O contrato de Dirk arde a vista, 20.9M na primeira temporada e 22.7M na segunda, mas como a ideia do save é ganhar mais um título com o alemão, ele merece e deve ser mantido no time. Se o jogador aceitar uma renovação barata com um papel menos destacado na equipe após esses dois anos, não pense duas vezes antes de fazê-la.

Shawn Marion – 79 – SF/PF: Marion já passou do auge mas ainda pode ter sua utilidade para a equipe, com a habilidade especial de “Lockdown Defender” ele pode ser a diferença para marcar jogadores como LeBron e Carmelo Anthony. Porém Marion tem mais um ano de contrato no valor de 9.3M e tirando se você for muito fã do jogador trocá-lo na primeira temporada é uma boa ideia, principalmente se você não conseguir se acertar com o arremesso horrível que ele tem.


Sixth Man 

Vince Carter – 80 – SG/SF: Ele pode ter 35 anos, mas ainda tem corpinho de 29 e pode ser uma grande força para sua equipe vindo do banco, com seu confiável chute de três e ainda com a capacidade de mandar algumas belas enterradas. Vinsanity tem um contrato quase perfeito, ganhando 3.12M no primeiro ano e uma team option de 3.18M pro segundo. Minha recomendação é de aceitar esta team option, mas se não gostar do jogo do velho Carter, pode abrir mão sem problemas.



Role Players 

Mike James – 65 – PG: Mike James é o jogador mais velho de seu elenco e pode usar sua experiência de mais de 11 times para ajudar seu time. Mike é seu armador mais lento e pode ser usado apenas como bech warmer se você preferir, não faz tanta diferença e pode servir apenas para substituir alguém em caso de lesão.

Elton Brand – 77 – PF/C: Ele não é mais o Elton dos tempos de Clippers, mas ainda tem talento para ser titular em muitas equipes da liga, mas sinceramente seu jogo não encaixa muito bem no NBA 2k13. Apesar do overall alto de 77, Elton não é alto e não tem atleticismo, transformando em um jogador deficiente nos rebotes. Seu contrato é baixo e curto, só que ele logo fica infeliz como role player, então recomendo aproveitar seu valor e trocá-lo. Outra opção seria usá-lo como starter no garrafão ao lado de Nowitzki e trocar Chris Kaman, mas sinceramente vejo o Kaman como mais jogador.

Jae Crowder – 68 – SF/PF: Intenso e cabeludo, Jae Crowder, de longe, chega a lembrar Kenneth Faried do Denver Nuggets, mas ainda é um jogador bastante cru. Ele não é especialista em nada e não chega a ser muito útil na primeira temporada. Seu contrato é de valor mínimo e só por um ano, você pode tentar treiná-lo para dar um chute de três ou virar um especialista em defesa, mas pode liberá-lo no final da temporada.


Prospects 

Rodrigue Beaubois – 73 – PG/SG: O francês é seu outro agente livre restrito e é um ótimo jogador que vale a pena ter seu contrato renovado. Apesar de ser prospect, Beaubois pode ter um grande papel em sua rotação, já que não deixa a desejar a Darren Collison. Pode ser seu sexto homem na segunda temporada, caso abra mão de Vince Carter.

Bernard James – 54 – C: O novato de 27 anos é um herói nacional após ter prestado serviços para a Força Aérea Norte-Americana durante seis anos. Infelizmente Bernard não passa de um bom shot blocker e além de não ser bom nos rebotes, é praticamente nulo no ataque. Seu contrato, e situação, é a mesma de Jae Crowder e passa muito por sua simpatia por ele. 

Jared Cunningham – 66 – SG/PG: Outro novato na equipe é Cunningham, mas este tem contrato garantido por duas temporadas. A principal habilidade de Cunningham é a arte da enterrada, com o jogador ainda carecendo de arremesso, defesa e vários outros atributos necessários para um bom armador. Vale a pena mantê-lo na equipe para ver sua evolução, mas no começo não passa de uma peça de fim de banco.


Bench Warmers 

Brandan Wright – 69 – C/PF: Brandan foi a oitava escolha do draft de 2007, porém nunca estourou e agora esquenta o banco pro seu time. Brandan tem contrato para apenas uma temporada e pode ser útil sendo utilizado no fim do seu banco para a primeira temporada, apesar de ficar facilmente infeliz com seu papel de bench warmer.

Anthony Morrow – 66 – SG/SF: Anthony Morrow é mais um em final de contrato e apesar do arremesso difícil, é um bom chutador de três e pode ter um papel maior dependendo de seu estilo de jogo. No geral é um jogador razoável e se conseguir um preço melhor do que seu atual contrato, que é de 4M, pode ser mantido no elenco pros próximos anos.

Rotação 

Diferentemente das rotações que o jogo usa como padrão, a sua não precisa usar os doze jogadores e funciona muito bem com até nove jogadores. A minha sugestão fica assim: Collison – 32 // O.J Mayo – 32 // Marion – 30 // Nowitzki – 32 //Kaman – 28 // Carter – 26 // Beaubois – 24 // Brand – 20 // Morrow ou Crowder(para um time mais baixo) ou Wright(para um time mais alto) - 16

Dica de Troca

Use sua criatividade, e bom senso, para fazer suas trocas, mas deixarei aqui uma dica: Shawn Marion + Elton Brand por Terrence Ross + Amir Johnson: Tudo bem, esta troca não é muito justa para o Toronto Raptors na realidade, mas no jogo ela é facilmente aceita pelo time canadense. Terrence Ross pode ser seu titular como SF, você perde defesa mas ganha mais uma potente arma de ataque para o futuro, podendo combinar com O.J. Mayo e Vince Carter, formando um trio ofensivo fortíssimo. Amir Johnson além de aceitar melhor a vaga de role player, traz muita defesa, atleticismo e rebote, apesar de ter overall bem menor que Elton Brand, traz tudo o que um pivô reserva tem que trazer.

Futuro 

Conseguindo renovações razoáveis e abrindo mão de alguns jogadores, você pode ser capaz de assinar com um grande nome logo na primeira temporada, podendo ser Dwight Howard, Chris Paul ou até mesmo Josh Smith. Sendo um pouco mais cauteloso, renovar com OJ Mayo, Collison e Beaubois é uma boa escolha, já que o trio tem potencial e joga muito bem. Caso perca um dos três, uma boa opção é ir atrás de J.R. Smith.

1 comentários :

Cara, to com os Bulls
Ganhei o campeonato.
Depois que ganhei o jogo nao sai mais do canto
Nao travou, mas nao tem mais aonde jogar no association
Sabe o que pode ser?

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!