Acompanhe aqui:

6 de fevereiro de 2013

Uma noite maluca na NBA


A rodada dessa terça-feira na NBA foi sensacional. O que era para ser apenas jogos simples, aconteceu coisas que não se vê todo dia. Ou só se você acha que um desconhecido jogar como Michael Jordan, e bolas de três caírem como chuva, normal.

Em Houston, os Rockets receberam os Warriors. Era para ser um bom jogo com muito equilíbrio. Ora, se tratava de duas equipes que devem se classificar para os playoffs. Mas logo de cara já se notava que não seria uma partida normal. O Houston Rockets acertou incríveis 23 bolas de três. Ao lado do Orlando Magic em 2009, é a maior marca de toda a história. Nove jogadores diferentes meteram bolas de três na partida. No final, a diferença no placar foi de 31 pontos: 140-109.

No duelo entre Milwaukee Bucks e Denver Nuggets, um reserva desconhecido roubou a cena. Acertando 17 arremessos de 21 tentados, Samuel Dalembert fez uma partida memorável (pelo menos para ele, né). Dalembert terminou o jogo com 35 pontos. Career-high em pontos e arremessos convertidos. No fim, não conseguiu evitar a derrota: 112-104.

A nota ruim da noite foi o que o Golden State Warriors fez. A torcida pedia mais uma bola de três para bater o recorde. Desde então, os jogadores do Warriors começaram a forçar faltas sempre que havia ameaça de chute longe dos adversários. Nos segundos finais, forçava falta no momento que a bola ficava nas mãos de Houston. Houve confusão com os jogadores, expulsões, bate boca dos treinadores. Isso não é legal. Não mesmo. PATÉTICO!

Que noite, hein? Isso é NBA, meus amigos.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!