Acompanhe aqui:

19 de fevereiro de 2013

Tributo aos baixinhos


Sérgio Júnior

Isso não é um texto sobre a Xuxa, mas sim um texto para homenagear aqueles jogadores que parecem estar no lugar errado, ou que mostram que nós baixinhos poderíamos estar lá contra os gigantes da liga.

Recentemente temos o exemplo de J.J. Barea como modelo ideal. O porto-riquenho de 28 anos tem apenas 1,83m de altura, pelo menos é listado assim, seu companheiro Brian Cardinal brincou que ele talvez tenha essa altura com um salto alto. E o cara não é fraco não, ele namora a Miss Universo de 2006, Zuleyka Rivera.

Porém destacaremos outros baixinhos aqui...

Começando com Tyrone “Muggsy” Bogues de apenas 1,60m de altura, o mais baixo em jogar na NBA. Em sua carreira teve médias de 7 pontos e 7 assistências por jogo durante 14 temporadas, e dois anos passando da marca de 10 assistências. Algo incrível para alguém de 60 quilos. Bogues jogou grande parte da carreira pelo Charlotte Hornets e parte mais engraçada da carreira foi jogar com o gigante Manute Bol de 2,31m de altura.

Atualmente temos Earl Boykins de 1,65, hoje com 36 anos não tem mais mesmo a velocidade de outros anos, apesar de ainda continuar com uma rapidez diferenciada. Seu grande momento foi na temporada 2006-2007 em que teve média de mais de 15 pontos por jogo pelo Denver Nuggets. Na última temporada, jogando pelo Bucks, fez 7 pontos e deu 2 assistências por noite.

Um pouco mais alto, tem Spud Webb, que exagerou e chegou a ganhar um torneio de enterradas em 1986 no alto de seus 1,70 de altura. Apesar de ter feito uma grande dupla de enterradas com Dominique Wilkins no Atlanta Hawks, seu auge foi pelo Sacramento Kings aonde em 1992 chegou a fazer mais de 16 pontos por jogo.

De todos os citados aqui, apenas esse faz parte do Hall da Fama: Calvin Murphy, de 1,75m. Com 18 pontos de média na carreira, o jogador inclusive chegou ao All-Star Game em 1979. Murphy fez seu career-high em 1981, 57 pontos contra o Spurs. Murphy ainda era um gênio nos lances-livres, quase 96% de aproveitamento na liga.

Para finalizar, a kryptonita de Dwight Howard, Nate Robinson que com a mesma altura de Calvin Murphy levou para casa três torneios de enterradas. Felizmente ele decidiu se aposentar dos torneios, afinal era chato vê-lo tentar uma enterrada 17 vezes antes de finalmente concluí-la. Nate hoje tem um dos pulos mais altos da NBA chegando a um pulo vertical de 110 centímetros, um absurdo. No jogo, Robinson teve boas temporadas pelo Knicks e foi um bom reserva no Boston, passou sem sucesso pelo Thunder e Warriors, mas agora vive belo momento no Chicago Bulls.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!