Acompanhe aqui:

22 de fevereiro de 2013

Sem prestígio na NBA, o futuro de Leandrinho pode ser no basquete brasileiro


No mundo do trabalho, quando uma pessoa pula de emprego em emprego, isso nunca é bem visto pelos empregadores. Ninguém quer para sua empresa um funcionário que não consegue se estabilizar em um  trabalho. Empregado da NBA, Leandrinho Barbosa está trocando de equipe como se troca de cueca.

Falando sério agora, o brasileiro está indo para sua quarta equipe em dois anos. Após anos firmes em Phoenix, Leandrinho jogou nos Raptors, nos Pacers, nos Celtics e agora está se transferindo para uma das piores franquias da NBA, o Washington Wizards (a mesma equipe que Nenê).

Tudo bem que ele não tem culpa de ser trocado, que isso é feito pelos chefões da organização. No entanto, se ele está trocando de time com alta frequência, mostra que ele não está conseguindo trabalhar da melhor maneira. Joga um pouco e é trocado. Isso não é legal.

Como você já leu aqui no blog, fiz um post falando da situação do brasileiro no Boston Celtics. Foi muito difícil conseguir vaga no elenco dos Celtics, portanto não poderia desperdiçar essa oportunidade. Parece que o texto foi lido por Doc Rivers, que a partir daquele momento começou utilizar mais o jogador, que teve mais espaço na equipe.

Agora uma lesão séria afeta sua carreira. Ele está de fora da temporada e só joga daqui alguns meses. Visando isso, Boston resolveu trocá-lo. No início, o discurso era que Leandrinho não seria trocado. Promessa não cumprida. Na primeira oportunidade, se livraram dele. 

Ele vai para o Washington Wizards com muitas incertezas na cabeça. Leandrinho sabe que pode nem jogar com a camisa do novo time. Por estar de fora da temporada devido a contusão, o brasileiro vira agente livre ao fim da temporada e pode assinar com quem quiser. Duas coisas nisso tudo: Wizards cedeu Jordan Crawford por um jogador que ele pode nem utilizar na vida, e segundo, Leandrinho pode estar dando adeus à NBA.

Quem vai querer contratar um jogador saindo de uma lesão gravíssima? Se já foi difícil conseguir time saudável, imagina agora. O Boston Celtics contratou o atleta brasileiro aos 49 do segundo tempo. Lesionado, sem confiança e sem prestígio podem mandar Leandro Barbosa para o Brasil mais cedo do que se imaginava.

Mas como não sou pessimista, penso que o Boston Celtics possa contratar o brasileiro durante sua agência livre. Só trocaram ele agora, pois estava ocupando espaço no elenco e não jogaria mais. Boston apenas o dispensou para melhorar o elenco, sabendo que Leandrinho não atua mais nessa temporada. Quando se recuperar, a franquia de Massachusetts pode ir atrás dele novamente.

Só que temos que ser realistas. Hoje eu diria que o NBB é o caminho de Leandrinho. Brasília e Flamengo que se preparem que o brasileiro pode retornar ao basquete de nosso país à qualquer momento. Não era isso que queríamos, mas não podemos fugir dos fatos. 

2 comentários :

Não concordo, assisti varios jogos dele e ele vinha sendo claramente injustiçado. Quando ganhou tempo de quadra jogou bem. Concerteza ainda cabe no elenco de uma equipe de ponta da NBA e quem sabe, titular em uma ruim.

Concordo contigo caro blogueiro! É triste não é, ver o Leandrinho retornando pra jogar essas peladas aqui do NBB... preferia ver ele encerrando sua carreira com dignidade na NBA, do que retornar e jogar aqui até os 45 anos com médias de mais de 20 ptos e 10 assistências, dado o nível de nosso Torneio de Peladas do NBB....

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!