Acompanhe aqui:

9 de fevereiro de 2013

Análise da temporada com alguns palpites

Howard desesperado, enquanto os adversários riem
Com a metade da temporada já disputada, já podemos fazer algumas análises com o que estamos vendo. Não tem mais aquele: "calma, só está começando". Já podemos afirmar as surpresas, as decepções, falar do futuro, etc.

A maior decepção, sem dúvida, é ver o Los Angeles Lakers, com um elenco repleto de craques, com mais derrotas do que vitórias. E mais, correndo sérios riscos de ficar fora dos playoffs. Já começou tudo errado quando demitiram Mike Brown. Muito cedo. Seria a mesma coisa que demitir o Erik Spoelstra quando Heat começou 5-4, chegando a ficar 9-8 na temporada de estreia do super trio. Spoelstra foi muito criticado, mas seguiu no comando da equipe. Mais tarde, se tornou campeão da NBA fazendo um trabalho excelente. Mas voltando ao Lakers, o time demitiu Brown e trouxe D'Antoni, um cara conhecido pelo seu ataque agressivo e defesa quase inexistente. Até o momento, não deu certo. Lakers vence algumas partidas jogando um belo basquete, mas tem partidas que parece crianças em quadra. Se esperava mais de Nash e Howard. Gasol caiu de produção, Kobe forçando a parada não resolve mais. Temporada para esquecer até o momento.

Classifico o Golden State Warriors como surpresa. Ninguém dava nada ao time de Oakland. Com Curry, o time ganhou vida e atraiu os fãs da região a apreciarem NBA novamente. Depois de temporadas péssimas, os Warriors voltam à brigar forte por playoffs. Além do armador, tem David Lee jogando uma barbaridade. É o líder de doubles-doubles na temporada. E depois de anos sem um representante no All-Star Game, os Warriors vão ter Lee atuando pela conferência oeste. A campanha é positiva. Não deve ir longe aos playoffs, mas mostra que essa equipe pode brilhar no futuro, pois afinal, é jovem. E anotem: Curry será um All-Star na próxima temporada!

Gostaria, também, de falar de alguns prêmios. O sexto homem tem dois candidatos: Jamal Crawford e J.R. Smith. Não sai deles. Kevin Martin vem jogando bem, mas não consigo ver o prêmio não sendo de Smith ou de Crawford. Até agora não sei em quem palpitar. Juro. Um dia acho que o Smith leva, aí vejo o Crawford brilhando. Aí vejo outro jogo dos Knicks e vejo o J.R. Smith sendo o cestinha, matando várias bolas. Até então, Crawford lidera em pontos entre os reservas "mais chamativos". Não digo que é o favorito. É apenas um número. Meu palpite: J.R. Smith. Motivo: por favor, não peçam o motivo.

O calouro vai ser Damian Lillard. Acabo com esse blog se Lillard não for o novato da temporada. Joga como gente grande. Parece que está no Blazers há anos. Mas não, chegou não faz muito ao elenco. Lidera em pontos, minutos e assistências entre TODOS os calouros. Os Blazers estão na briga direta por vaga na pós-temporada. Com um novato liderando as ações, só mostra como Lillard tem tudo para ser uma grande estrela no futuro. Ele vai ser o rookie of the year.

Para fechar, queria falar sobre o MVP. Está sendo uma briga monstra entre LeBron James e Kevin Durant, com Carmelo Anthony correndo por fora. Chris Paul se lesionou e temos que ver como ele vai voltar. Na sua primeira partida pós-lesão, foi irreconhecível. Mas antes da contusão, jogava como um MVP. LeBron está DEMAIS. Ultimamente vem sendo raro errar algum arremesso. O detalhe é que o camisa 6 do Heat chuta mais que 10 bolas por jogo. Isso só mostra como sua temporada está brilhante. Já Durant, lidera, novamente, o ranking de pontuação. Jogador que mais pontua, que tem a melhor média, que não sente a pressão e lidera seu Oklahoma City Thunder. Gênio. E temos Carmelo Anthony, que é CLUTCH. A facilidade que ele define as coisas com o Knicks chega espantar. Depois de trocar o Nuggets pelo Knicks, Melo já se adaptou 100 ao novo time e volta a brigar para ser o jogador mais valioso. Basta cuidar da sua cabeça, manter o foco e concentração que ele briga até o fim. Não vou me pronunciar sobre quem leva o prêmio.

Fiquem à vontade de comentarem sobre a season. Abração!!

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!