Acompanhe aqui:

18 de fevereiro de 2013

A NBA faltou com respeito com Michael Jordan


Eu adoro acompanhar o All-Star Game. Nada melhor que um final de semana repleto de atividades envolvendo os atletas que são considerados o melhor do esporte. Pois bem, no dia do jogo principal, a maior estrela da história completava 50 anos de idade. E a NBA deu bola para isso? Não!

Achei isso uma tremenda falta de respeito. Me espantou ver que a NBA estava esquecendo Michael Jordan. Sem mencionar seu nome no início e no intervalo, comecei achar que realmente ele entraria na quadra e jogaria alguns minutos, para comemorar seu aniversário.

Jordan é simplesmente o cara que lançou a liga para o mundo. Dentro dos Estados Unidos, a NBA perde para o futebol americano e para o baseball, no entanto, no mundo, é o esporte mais famoso. Sabe por que? Por causa do talento de Michael Jordan.

Ele entrou na liga na temporada 1984-1985. Naquele ano, eram apenas 23 franquias disputando o campeonato. Hoje são 30. O contrato anual de televisão eram de apenas 28,5 milhões de dólares. Hoje o valor do contrato é de 930 milhões. E hoje todos querem jogar basquete e jogar na NBA, a melhor liga de basquete do mundo. O número de estrangeiros no ano de calouro de Michael era 10. Hoje já passam dos 90.

Estão entendendo as dimensões disso tudo? Michael deu outros rumos para a NBA. E no dia que ele completa meio século de vida, a organização não pode fazer NENHUMA homenagem para ele? Nem que fosse uma salva de palmas... mas pelo menos seria algo. Mas não, nada foi feito.

Falta de respeito é pouco, viu...

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!