Acompanhe aqui:

17 de janeiro de 2013

Se quiser, Kevin Durant pode se tornar o maior cestinha da história


Ele conhece muito bem o caminho das cestas. Três  vezes conquistando o título de cestinha da temporada, Kevin Durant tem um ótimo início de carreira na NBA, mas tem um longo caminho a percorrer antes de conseguir passar Wilt Chamberlain, Michael Jordan, Karl Malone e Kareem Abdul-Jabbar.

"Eu não sei se eu diria que eu vou ser o maior pontuador da história da NBA", disse Durant. "Mas se eu continuar trabalhando, você nunca sabe..." O maior cestinha de todos os tempos, Kareem Abdul-Jabbar, comentou sobre o futuro do astro do Oklahoma City Thunder.  "Eu acho que ele certamente tem talento", disse Abdul-Jabbar. "Tudo depende se ele permanecer saudável e focar nisso, porque ele pode pontuar de qualquer lugar da quadra." 

A mentalidade do Kevin Durant assusta. Ele sabe que é um grande pontuador, mas sempre destaca o poder dos seus companheiros no Thunder. Escolha número 2 do draft pelo Seattle SuperSonics, Durant sempre dá um jeito de evoluir seu jogo.

Em quatro anos de liga, ele guiou seu time a uma final de conferência. No ano seguinte levou o Thunder as finais da NBA. A evolução não para. Será que dessa vez essa evolução termina em título? Com 11,078 pontos na carreira, Durant tem uma "vida" pela frente para buscar os 38387 pontos de Abdul-Jabbar. Não gosto de fazer muitas previsões, mas por Durant ser atlético, creio vê-lo chegando perto de ser o maior cestinha de todos os tempos. Se duvidar, até bate esse recorde. Mas é cedo para afirmar.

Para completar, Durant não é um jogador de fazer 60/70 pontos. É um cestinha regular, que todo santo jogo mantém seus 30-35 pontos. Sua career high é de "apenas" 51 pontos, conquistado no ano passado. Esse é Kevin Durant, senhoras e senhores. Um jogador espetacular. 

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!