Acompanhe aqui:

6 de janeiro de 2013

A defesa do Chicago Bulls vem dando certo

Carlos Boozer vem sendo um dos destaques do Bulls
Simplesmente é um time defensivo. Preza uma boa defesa para chegar no ataque e marcar seus pontos. Esse é o Chicago Bulls, do técnico Tom Thibodeau. Enquanto é a 3ª melhor defesa da liga, o time de Chicago é somente o 26º melhor ataque, ou melhor dizendo, o 4º pior.

Seu cestinha é Luol Deng, com apenas 17.4 pontos por jogo. É uma equipe equilibrada, que vai se virando muito bem sem o seu melhor jogador: Derrick Rose. O MVP de 2011 é o exemplo perfeito para explicar o que é o MVP. Não se trata do melhor jogador da temporada. Se trata do jogador mais VALIOSO. É aquele jogador importante para seu time, que sem ele a equipe perde o rumo. Bastou Rose se lesionar e a casa cair. Os Bulls venciam a série contra o Philadelphia 76ers, mas foi Rose se lesionar para o Sixers virar e vencer a série.

Contra o Miami Heat, os Bulls mostraram toda a força de sua defesa. No total de rebotes, apanhou 20 à mais que o rival. E isso fez a diferença. Carlos Boozer e Joakim Noah dominaram o garrafão. O time de Miami, que só tem Chris Bosh para segurar o rojão, não conseguiu conter a força de Noah e Boozer.

O problema é a irregularidade. Como eu disse, venceu o atual campeão Miami Heat. Mas foi esse mesmo elenco que conseguiu dar fim a sequência de derrotas do Charlotte Bobcats, perdendo em casa para a equipe que vinha de 18 derrotas consecutivas.

Mas o futuro é belo. O futuro tem Derrick Rose. Mantendo esse basquete, o time vai conseguir ficar entre os oito que se classificam para a pós-temporada. Aí entra Rose, com toda sua técnica e agressividade para elevar ainda mais o jogo de Chicago. A temporada não está perdida. Muito pelo contrário, a torcida do Bulls pode ir criando expectativas de uma boa temporada 2012/2013.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!