Acompanhe aqui:

29 de dezembro de 2012

LeBron James poderia voltar ao Cleveland Cavaliers


Esse ano foi o ano de LeBron James. Ele ganhou seu primeiro título na NBA, foi medalha de ouro nos jogos Olímpicos de Londres e escolhido o esportista do ano pela Sports Illustrated. E, com seu excelente 2012, um rumor persistente tomou conta novamente.

Muitas pessoas acreditam que James vai voltar para Cleveland. "É o segredo mais mal guardado no campeonato'', disse um gerente geral. Há razões para acreditar nisso devido a uma posição insustentável de Miami como um pagador de impostos de luxo. Após a próxima temporada, o time da Flórida começa a sofrer com seu elenco muito caro e verá sua folha de pagamento lá em cima.

O que acontece é que James pode optar por sair de seu contrato e se tornar um agente livre após a próxima temporada, onde ele pode escolher três saídas: Primeiro, Miami pode absorver grandes perdas financeiras para poder assinar novamente com James e segurar seus companheiros de equipe por um longo tempo, mas gastando muita grana. Segundo, Miami continuar pagando os grandes salários de LeBron, Wade e Bosh, mas perdendo bons jogadores em torno do trio, o que diminuiria as chances de título. Ou terceiro, o Heat negociar LeBron com uma equipe enquanto ele é agente livre e tirar proveitos de uma negociação, pois certamente conseguiria um grande negócio com o camisa 6.

Quando Oklahoma City Thunder perdeu seu sexto homem, James Harden, parecia que o time iria se enfraquecer. E perder o barbudo não foi por escolha do Thumder, foi porque a equipe não tinha dinheiro para pagar os impostos opressivos em seu contrato. O mesmo dilema aparece para o Heat e LeBron. Se ele ficar, então a equipe provavelmente não será capaz de arcar com os companheiros de equipe.

Muitas equipes podem ter espaço para arrebatar LeBron, incluindo os Cavaliers. Mas ele tem motivos para voltar para casa? A razão de acreditar em uma volta de James para Ohio é construída sobre a ideia persistente de que ele precisa ir para casa fazer as coisas direito. Mas não concordo com isso. LeBron não tem motivos para voltar.

A palavra crucial aqui é "necessidade". As realizações de James nesse ano mostram que ele está longe do passado e não se preocupa mais com a decisão tomada em 2010. Ele ficou com muita dor pela forma que escolheu para deixar Cleveland. Esse fantasma o assombrou ao longo de 2011 e, talvez, na época fazia sentido prever seu retorno aos Cavs. Fazia sentido porque naquela época LeBron não tinha aprendido nada e por mais que tenha saído de Cleveland, Cleveland não tinha saído dele. Ele não jogou como tinha que jogar no seu novo time.

Em 2012 ele venceu de tudo. Melhorou como atleta e como pessoa, teve uma grande evolução. Portanto ele não precisa mais voltar para Cleveland para se redimir com o povo de lá. Ele só pode pensar em voltar se os dirigentes lhe ofertarem um belo time ao seu lado para ele conseguir vencer mais campeonatos. Não precisa voltar a Cleveland por voltar, para se desculpar. Isso é passado.

Uma história que chamou a atenção de todos foi uma declaração de Todd Jones, que disse que LeBron James e Dan Gilbert (um dos proprietários dos Cavs) nunca foi boa. E Gilbert se incomodava por não ter um bom relacionamento com o cara que era o astro da sua franquia.. LeBron sequer fez uma ligação para Dan para anunciar sua decisão em 2010...

A expectativa dos americanos é que Pat Riley e LeBron vão sair do Heat juntos. Pat vai se aposentar, e LeBron, depois de mais duas temporadas, vai para uma outra equipe. Mas isso não passa de palpites.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!