Acompanhe aqui:

31 de outubro de 2012

Sinal amarelo para o Los Angeles Lakers


Depois de perder seus oito jogos na pré-temporada, todos esperavam uma recuperação e uma vitória fácil do Los Angeles Lakers contra o desmanchado Dallas Mavericks. Mas nada disso aconteceu. Apesar do bom início de jogo e apoiado pela sua fanática torcida, os Lakers logo viram os Mavs tomando conta das ações.

Não dá para discutir que foi apenas a estreia, mas já podemos destacar algumas coisas. Encantados com a contratação ainda, os jogadores sempre buscam Dwight Howard. Buscando muito o pivô, a bola fica menos nas mãos de Kobe Byrant, o dono do time. Howard foi bem, marcou 19 pontos, teve bom aproveitamento nos arremessos de quadra, no entanto aproveitamento ridículo nos lances livres: 3-14. Lance livre ganha jogo, meus amigos. Lance livre é o jeito mais fácil de conseguir pontos, afinal você pode respirar, visualizar a cesta e arremessar com calma, sem nenhum adversário enchendo o saco. 

O armador Steve Nash fez uma partida abaixo de sua média. Com apenas 4 assistências, ele viu seu reserva, Steve Blake terminar o jogo com seis assistências. Apenas quatro jogadores do banco atuaram e contribuíram com 17 pontos (banco dos Mavs com "só" 37 pontos")

Dos Mavs, eu destaco a garra e a inteligência. O Lakers ensaiou abrir boa vantagem, mas logo o time texano se recuperou e manteve o jogo sob controle. No geral a equipe foi redondinha: titulares pontuando bem e o banco não deixando o bom ritmo cair. 

Antes de finalizar o post, queria só dizer uma coisa: EDDY CURRY COM SETE PONTOS! EU DISSE SETE PONTOS. Méritos do jogador ou sacanagem da defesa de Los Angeles?

Com mais uma derrota seguida, o sinal já é amarelo na Califórnia... e não é pelas cores do time.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!