Acompanhe aqui:

28 de outubro de 2012

Análise da pré-temporada


 Diferente da temporada passada que teve o locaute atrapalhando a preason (apenas dois jogos para cada time), este ano foi tudo nos conformes: Summer League e preseason completa. Não gosto muito de avaliar os times com base na pré-temporada, mas posso fazer alguns comentários de coisas que chamaram a minha atenção.

Logo de cara, não tem como não falar dessa campanha do Los Angeles Lakers. Nos oito jogos que disputou, o time comandando por Mike Brown acumulou oito derrotas. Certo que Dwight Howard jogou apenas um jogo ao lado de Kobe, Nash e Gasol, que teve o Kobe com problemas de lesão nessa última semana, mas é muito estranho ver a equipe, apontada por muitos, o principal candidato ao título perder todas as suas partidas.

Os canadenses do Toronto Raptors finalmente deram esperanças a sua fria torcida. Sempre cotada entre as piores equipes da NBA, os Raptors venceram seis jogos e perderam somente um. A chegada do armador Kyle Lowry e de Jonas Valanciunas deram um up na equipe que já contava com DeMar Derozan e Andrea Bargnani. Na temporada regular é uma incógnita esse time de Toronto. Pode muito bem manter o que vem fazendo como pode muito bem repetir campanhas passadas, sempre tendo bem mais derrotas que vitórias.

Outra equipe que liderou sua conferência, mas dessa vez do oeste, foi o Golden State Warriors (6-2). Ao contrário de Toronto, não consigo ver os Warriors com boa campanha na regular season. Os times são promissores, porém por jogar em uma conferência mais difícil, acredito em Golden State ficando novamente fora dos playoffs.

Candidato sério ao título na temporada passada, o Chicago Bulls segue gerando desconfiança de muitos. Sem o MVP de 2010/2011, Derrick Rose, os fãs acreditam que a temporada está praticamente perdida para a franquia do Illinois. Na prática os comandados de Tim Thibodeau mostram que não é bem assim. Vitórias boas contra Thunder (sem Durant e Westbrook) e Pacers. Com Nate Robinson de armador e os velhos soldados Joakim Noah, Luol Deng e Carlos Boozer, esse é o Bulls.

Outras surpresas que destaco são as boas campanhas de Sacramento Kings, Houston Rockets, Philadelphia 76ers e Minnesota Timberwolves. Os destaques negativos são os Lakers e sua campanha horrível, os atuais campeões Miami Heat (derrotas para Wizards e Hornets), Denver Nuggets e Boston Celtics. No mais, campanhas equilibradas.

Mas amigos, por favor, não levem muito em consideração essas campanhas. A vontade de um atleta ao jogar a preseason é muito diferente da vontade de jogar a regular season. Você, leitor do Paixão NBA, quando está tranquilo, numa boa, jogando aquele futebol ou aquele basquete com seus amigos não joga relaxado quando é de brincadeira? E não muda seu comportamento quando o bixo pega? Esse é o sentimento dos jogadores. A gana de vitória começa a partir de terça-feira.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!