Acompanhe aqui:

7 de setembro de 2011

Grande vitória sobre os hermanos


Tivemos a chance no ano passado. Em um 7 de setembro, Brasil acabou sendo eliminado pela seleção argentina com direito a show de Luís Scola, jogador do Houston Rockets. Aí, coincidência ou não, novamente em um 7 de setembro, Brasil e Argentina voltaram a medir forças em busca da vaga para as Olimpíadas de Londres. O Brasil não vê a cor dos jogos olímpicos faz um bom tempo. Os jogadores sabiam o que estava em jogo.

Eu nunca gosto de comemorar lesões. Temos que se colocar no lado do atleta, no lado de seu time e das pessoas que o cercam. Só que confesso que quando vi Andrés Nocioni torcer o tornozelo e ter que sair de quadra, dei um leve sorriso e pensei: ah, começamos com sorte. Quem diria."

O jogo começou e foi precipitação de um lado precipitação do outro, todos errando. O Brasil conseguia ficar na frente do placar com ligeira vantagem. Com uma Argentina perdida, Scola, o homem dos 37 pontos no confronto do ano passado, irreconhecível, Manu preso em quadra, Delfino sentindo problemas no braço (olha a sorte aí...), enfim, o Brasil tinha tudo para aproveitar e colocar uma grande vantagem sobre os hermanos. Porém, querendo decidir logo as jogadas, entramos dos caras, que voltaram ao jogo nos arremessos de Scola e nos turnovers brasileiros.

O jogo foi indo, indo, indo e eis que surge ele: Rafael Hettsheimeir. Dono de 19 pontos, o jogador foi o principal atleta nessa grande vitória. O Scola apareceu com seus 24 pontos, mas nada assustador. Agora, creio eu, ao bater a principal seleção, a moral brasileira está lá em cima. Ora, vencer os donos da casa, favoritos, campeões olímpicos... só não se anima se a pessoa não quer.

Hoje a felicidade foi imensa, mas o principal ainda não veio: a vaga para Londres. Agora o Brasil encara Porto Rico. Com uma primeira fase cheia de erros, o Brasil está se mostrando uma outra equipe na segunda fase. Que o bom basquete continue nessa parte final da competição. Vamos trazer essa vaga para o Brasil, comandados de Rubén Magnano!

Ah, só para não perder a mania, aquela boa e velha zuação nos argentinos: Hoje era Independência do Brasil, feriado nacional, dia sem Scola!

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!