Acompanhe aqui:

1 de julho de 2011

O futuro do San Antonio Spurs, o time veterano


Tony Parker fez alguns comentários há alguns meses atrás sobre como o Spurs não conseguiria vencer um título novamente. O francês voltou atrás, mas, desde então, a conversa deixou um gosto ruim na boca das pessoas, e de repente, um monte de boatos surgiram sobre um comércio sobre Parker. O Spurs acabou negociando outro armador, George Hill. Mas a questão permanece: Será que o Spurs fez um bom negócio?

Por que não pedimos ao argentino Manu Ginobili? Vamos lá...

Ginobili disse que o Spurs tem sido chamado de "velho" mesmo quando ganharam o título em 2007 e que ele se sente melhor do que esperava, nessa idade, mas vai olhar para seu jogo de transição um pouco porque um declínio físico é inevitável e ele tem que tornar-se "melhor, mais inteligente e mais confiável."

A janela de títulos do Spurs não está fechada, mas está ficando estreita. A equipe texana tem uma qualidade muito admirável: eles são honestos e realistas. E ao mesmo tempo é também estranho. A maioria das equipes se nega a desistir mesmo se tiver poucas chances de sucesso. Ginobili tem um exemplo mais recente, no qual poderia usar. Os Mavericks era um time cheio de veteranos. É é a mais pura verdade que as equipes de veteranos podem ganhar títulos.

Mas seu discurso de mudar o jogo dele é preocupante, porque reconhece lutas ele está tendo fisicamente. Não há um jogador tão inteligente do que o argentino. Ele ainda pode ser produtivo até o fim de seu contrato.

O trabalho de reconstrução do Spurs, ou reformulação, na verdade, pertence a Gregg Popovich. Eles tem que voltar com a brilhante defesa, aquela equipe mortal. Sem essa identidade, times como Memphis vão passar por fácil pelo maior vencedor da última década.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!