Acompanhe aqui:

2 de julho de 2011

O cestinha Kevin Durant comentou sobre o lockout


Bloqueado pela NBA, Kevin Durant prometeu solidariedade a união dos jogadores mesmo que isso signifique sacrificar os primeiros meses da temporada para obter um novo acordo coletivo com os proprietários.

"Nós vamos defender o que temos que fazer, não importa quanto tempo vai levar," disse ele à Associated Press. "Não importa quanto tempo o lockout vai levar, vamos ficar de pé."

Durant reconheceu que esse impasse pode durar muitos meses, indo até que dezembro ou janeiro, mas eles estão empenhados em conseguir o que sentem que é justo.

"A forma como a CBA está trabalhado é algo que realmente gostei. Não há necessidade de mudá-lo", disse Durant. "As coisas foram indo muito bem para nós. Queremos ficar com esse ritmo, mas é claro que os proprietários querem ir uma maneira diferente"

O cestinha era o representante do Thunder, mas com obrigações nessa offseason, perdeu algumas reuniões e mandou Nick Collison o representar. A última reunião feita nessa quinta, demorou três horas e nenhum negócio foi feito. Durant disse que as negociações estavam "indo muito lentas", mas manifestou otimismo de que eles iriam acelerar a tempo de salvar a próxima temporada".

"Tudo o que podemos fazer é continuar rezando para que as coisas sejam feitas rapidamente e nós apenas seguirmos em frente, e não deixar os fãs sofrendo mais do que eles tem sofrido", afirmou. "Já está me machucando o fato de eu não ser capaz de falar com os meus treinadores, GMs e os caras que trabalham para a equipe."

Durant liderou a liga em pontos nas duas últimas temporadas, ficando selecionado como um All-Star em ambas as temporadas, enquanto o Thunder conseguia boa campanha. O time de Oklahoma chegou à final da Conferência Oeste e acabou sendo eliminada pelo Dallas Mavericks.

Apenas um mês depois, ele e seus companheiros não podem comparecer nas instalações da equipe.

De tudo isso, surpreende que os jogadores realmente estão sofrendo. Após dias e dias vivendo intensamente isso, passando boa parte nos ginásios com os treinadores e funcionários do time, e de uma hora para outra, eles estão proibidos de fazer isso. O locaute está apenas começando. A pior parte é essa. Além de não poderem estar se concentrando da melhor maneira para a próxima temporada, nenhuma conversa com sua equipe pode ser feita.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!