Acompanhe aqui:

10 de julho de 2011

Homenagem para o chinês Yao Ming



Infelizmente acabou, virou história e só podemos lamentar... Yao Ming não faz mais parte do grupo de jogadores da NBA, e do esporte. Ele foi um guerreiro contra as lesões, mas não deu e é muito triste ver grandes atletas se aposentando, ainda mais por lesão e com apenas 30 anos.

Foram 8 temporadas, 486 jogos, 9247 pontos, 4494 rebotes, 920 tocos, 93 milhões de dólares e um legado, sendo o grande nome esportivo chinês no mundo na última década. A prova de sua popularidade foi ser escolhido para o All-Star Game em todas as oito temporadas em que ele jogou na NBA, ficando fora apenas de 2010 quando não entrou em quadra durante toda a temporada.
No alto de seus dois metros e vinte e nove centímetros de altura, Yao não conseguiu levar o seu time ao título, mas deixa o time com um saldo positivo e apenas uma campanha de menos vitórias do que vitórias. Suas lesões com certeza não ajudaram, o jogador perdeu duzentos e cinquenta jogos nos últimos cinco anos, incluindo uma temporada completa e no geral perdendo mais de três temporadas.

Fora da NBA, Yao também colecionou bons resultados. No basquete chinês atuava pelo Shangai Sharks onde estreou profissionalmente aos 17 anos. Jogou por lá até 2002, onde ganhou seu primeiro título nacional com o time com médias incríveis de 38 pontos e 20 rebotes durante os playoffs daquele ano, e nas finais chegou a ter um jogo perfeito fazendo 21 arremessos de 21 tentados. Até então Yao já tinha quebrado o pé por duas vezes e já mostrava essa certa fragilidade a lesões.

Na seleção chinesa o jogador venceu três títulos continentais pela seleção chinesa. O jogador também disputou três olimpíadas, onde carregou a bandeira chinesa na apresentação das delegações por duas vezes, em Atenas 2004 e em Pequim 2008. Yao ainda chegou a carregar a tocha olímpica durante um trecho em Pequim.

Apesar de todos os méritos de Yao, o jogador também tem seus defeitos. Sem muita impulsão, devido as lesões no início da carreira, o jogador acabou levando tocos de jogadores bem mais baixos e pegando menos rebotes que seu tamanho deveria proporcionar. Talvez se ele tivesse a inteligência de jogo do Kevin Love talvez um pouco mais de mobilidade, já estamos pedindo demais né?, ele teria uma média mais marcante do que os 9 rebotes que teve em sua carreira na NBA.

Esse é Yao, um jogador que jogou por mais de um bilhão de pessoas durante esses nove anos como jogador do Houston Rockets. Se agora é um momento triste pra todos os fãs de basquete, imagine para os chineses, que perdem um grande símbolo de garra, esportividade e sucesso.

Para finalizar essa homenagem ao agora ex-pivô, fica uma imagem que deixou Yao ainda mais famoso pela mundo, principalmente na internet:



Sérgio Júnior

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!