Acompanhe aqui:

5 de julho de 2011

Abre aspas para Anderson Varejão


Eu penso em ir, sim. Faço parte desta seleção há dez anos ou mais. Sempre que eu fiquei fora foi por problemas mesmo. Na única vez que disseram que eu não quis jogar na seleção foi um mal-entendido, desfeito logo depois. Sou amigo dos outros jogadores, gosto de fazer parte do grupo. Vim porque quis mostrar o exame, mostrar que tenho mesmo um problema

As palavras são de Anderson Varejão, que se apresentou com a seleção brasileira em São Paulo nesta segunda-feira. O pivô do Cleveland Cavaliers está praticamente fora do pré-olímpico por causa de uma lesão no tendão. Ao contrário de Nenê, que vive um dos seus melhores momentos na NBA, e Leandrinho, que teve temporada razoável no fraco Toronto Raptors, pediram dispensa alegando problemas contratuais. É nessas horas que vemos quem é quem. Enquanto um lesionado quer fazer parte da seleção de qualquer maneira, dois não querem ajudar na busca pela vaga olímpica. Se você não sabe, não vemos a cor das Olimpíadas faz quinze anos. Se o Brasil se classificar para Londres 2012, vão pedir dispensa também?

6 comentários :

Acredito que, se o Brasil classificar-se pras Olimpíadas, poderiam usar o bom senso e não convocar esses caras (diga-se Leandrinho e Nenê).

Concordo com você, Wagner.

Jogar só nas melhores condições não dá. Tem que batalhar também!

Concordo com vocês. Acho que eles não deve ser convocados, não é nem por uma questão de dar o troco no que eles fizeram, mas porque além de de avaliar o lado jogador dos caras é preciso pensar no comprometimento, é o que o grande Oscar já falou: precisamos de jogadores que defendam a seleção por paixão.
Mas enfim, deixemos eles de lado e nos preocupemos em apoiar a nossa Seleção!

Nene quando tava em baixa na NBA já não defendia o brasil, agora q virou "estrelinha" e tem um salario enorme n vai defender o brasil nem na olimpiadas(caso se classifique)... e quanto ao leandrinho n sei qual foi o motivo de pedir a dispensa da seleção, vai ver queria aproveitar as ferias ao inves de defender uma seleção q n ganha nada faz uns 20 anos...

Compartilho desse pensamento.

Agora que ele está com moral, com a confiança lá em cima, seria a hora perfeita para honrar a camisa da seleção brasileira. Mas paciência. Vamos em busca da vaga com o pessoal que quer jogar de verdade!

prefiro um jogador machucado que quer fazer parte do time, do que dois bons jogadores que não demonstram nem um pouco de amor ao seu país! eu duvido que se o Brasil conseguir ir pras olimpíadas eles (Nenê e LeandrINHO) não vão querer jogar --'

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!