Acompanhe aqui:

1 de junho de 2011

Shaquille O'Neal anuncia que vai se aposentar


Shaquille O'Neal, o homem de quatro anéis, 28.596 pontos na carreira e dezenas de apelidos, finalmente decidiu dar um basta em sua vitoriosa carreira, anunciando sua aponsentadoria, que certamente irá culminar com uma indução ao Hall of Fame.

O pivô de 39 anos, anunciou oficialmente sua aposentadoria nesta quarta-feira usando a nova ferramenta de mídia social Tout, em tempo real de serviços de mensagens de vídeo para anunciar aos fãs: "Nós fizemos isso, baby, dezenove anos, eu quero dizer muito obrigado, por isso. Eu estou dizendo a vocês, que estou prestes a se aposentar”

O'Neal disse que não estava preparado ainda para falar sobre sua longa e prolífica carreira, que produziu três campeonatos com os Lakers e uma com o Heat. "Vamos guardar isso para a conferência de imprensa na sexta-feira", disse Shaq.

O porta-voz Jeff Twiss comentou que O’Neal ainda não falou com o Boston Celtics sobre seus planos para o futuro.

Shaq assinou um contrato de dois anos com o Boston Celtics no último verão, mas uma lesão no tendão de aquiles irá impedi-lo de cumprir os termos do acordo. O'Neal teva a primeira lesão no dia de Natal e foi capaz de jogar apenas em dois dos 35 jogos do final da temporada regular.

No dia 3 de abril, contra o Detroit Pistons, O'Neal voltou as quadras após uma ausência de dois meses e marcou seis pontos em 5 minutos e 29 segundos, porém, novamente voltou a sentir a lesão. Apesar de a imprensa ter falado em várias coisas, o pivô disse que foi a que novamente o aquiles estava lhe incomodando.

"Eu me senti como se alguém tivesse me dado um tiro nas costas da minha perna", disse ele.

O'Neal não jogou novamente na temporada regular. Ele ficou de fora da série de primeira rodada contra o New York Knicks, em seguida, tentou retornar no jogo 3 das semifinais da conferência leste contra a sua antiga equipe, o Miami Heat. O'Neal ficou 8 minutos em quadra na vitória de 97-81, mas acordou com dores consideráveis na manhã seguinte. Seu último jogo foi dois dias mais tarde, quando estava três minutos em quadra no jogo 4 antes de o técnico Doc Rivers lhe tirar.

O grandalhão disse que ele continuou a fazer a reabilitação, com o trabalho na esteira e bicicleta ergométrica. Ele nadou a cada noite no Clube Thoreau em Concord e disparou uma série de lances livres na Lincoln-Sudbury High School, no outro lado da rua de sua casa alugada em Sudbury. Ele perdeu 35 quilos e estava se sentindo ótimo em todos os lugares, exceto um pouco atrás do calcanhar.

Houve a recomendação de uma cirurgia que seria feita para "limpar" a área em torno do tendão de aquiles, mas o tempo de reabilitação seria de 9 meses.

"Eu não queria decepcionar as pessoas dois anos seguidos. Eu não quero segurar o Boston como refém novamente.”

Ele disse que seus últimos meses em Boston, incluiu alguns dos dias mais sombrios de sua carreira, pois "Eu apenas odiava deixar a cidade de Boston para baixo. Eu realmente aprendi a amar o lugar. Todo mundo estava tão acolhedor para mim e me trataram tão grande. Acreditaram em mim e eles cuidaram de mim, especialmente o grande povo de Sudbury. Eu amo essa cidade. "

O jogador está bem ciente que o Celtics estavam com uma campanha de 21-4 quando ele foi capaz de jogar 20 minutos ou mais nesta temporada. A química que ele dividia com o Big Three (Kevin Garnett, Paul Pierce e Ray Allen) e Rajon Rondo, disse, será uma memória viva, deixando-o a imaginar o que teria acontecido se ele permanecesse saudável.

O'Neal será lembrado como uma das figuras mais dominantes, reconhecível e polêmico da liga, cujo corpo de trabalho incluiu registros, rap, filmes e uma história ainda mais longa de ações filantrópicas.

"Eu tentei fazer as pessoas felizes, e eu tentei me divertir. Eu acho que fiz as duas coisas."

Nunca vamos esquecer de Shaquille O’Neal, um dos melhores jogadores que o mundo já viu jogar. Que seus 4 títulos, seu legado dentro da NBA sirva de lições para todos. O jogador Shaq sai de ação, mas pode ter certeza que ainda vamos ver seu rosto na televisão e nos ginásios. Sabemos que ele vai continuar trabalhando com o basquete.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!