Acompanhe aqui:

22 de junho de 2011

O relacionamento do Indiana Pacers e Danny Granger

Separação com Danny Granger não será fácil para o Indiana Pacers, mas tem que acontecer. A relação foi forçada desde o início, com ambos os lados tentando tornar o trabalho algo que sempre foi falho. No final do dia se o Pacers não pode olhar Granger nos olhos e reafirmar seu compromisso com ele, por que continuar a descer uma estrada infeliz?

Agora, o Pacers não pode assumir esse compromisso.

Em vez disso, o Pacers é apaixonado por alguém mais jovem e mais atraente, um cara que "se encaixa melhor com o seu futuro." Esse jogador é Paul George, que vai para seu segundo de NBA. Quando o Pacers o selecionou com a pick 10 geral do Draft da NBA de 2010, era apenas uma questão de tempo para Granger.

Infelizmente, o jogador foi um soldado, bom e leal, dando o seu melhor e fazendo exatamente o que a organização queria. Granger nunca chamou uma enorme atenção. Todos entenderam isso. Ele foi o cestinha ideal, o complemento perfeito para uma estrela de boa-fé, que sempre ajudou seus companheiros.

A média de 20,5 pontos por jogo eram de fato números de um All-Star, apenas os Pacers e os fãs estavam desesperados por Super-Star status. O Pacers tentou convencer Indiana que Granger era o seu homem, mas ele não era.

Nos três primeiros anos, Granger carregava o fardo de ser o único ponto brilhante em um time destruído pela precipitação da luta em Auburn Hills.

Quando ele falhou e o Pacers percebeu que a única maneira de restaurar a franquia era de começar de novo, Granger se tornou o mentor e o professor, sabendo que seus melhores anos seriam desperdiçados em um esforço de reconstrução.

Agora, com o Pacers na iminência de ser competitivo novamente, Granger não se encaixa. Infelizmente, a saída é essa.

O esforço de reconstrução da equipe pode ser genial, mas há quem diz: "o que diabos é Larry Bird está fazendo?

Cinco anos depois, não sabemos. Depois de muitas frustrações, os fãs do Pacers tiveram que deixar o basquete em segundo plano e aplaudirem Peyton Manning e o Indianapolis Colts.

O fato total é que tem sido impressionante. O Pacers voltou aos playoffs é quer manter essa boa fase reforçando a equipe. Mas Danny Granger ficará para presenciar essa boa fase? Pelo que conspira nos corredores em Indiana, parece que não.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!