Acompanhe aqui:

1 de junho de 2011

O Paixão NBA analisa o jogo 1 entre Heat e Mavs


Atentos na NBA Finals, a maioria dos integrantes do Paixão NBA resolveu analisar brevemente o que aconteceu no jogo de ontem. Confira o que achamos desse jogo 1 entre Miami Heat e Dallas Mavericks.

Matheus Cezar

Esperava mais desse primeiro jogo. Acredito que todos esperavam. O início de jogo nem destaco muito as marcações, mas sim a forma que os times estavam perdendo as cestas. O Heat ia nos talentos do trio, Dallas jogava no Dirk e contava com a ajuda de Jason Terry. O problema texano foi ver Terry não existir no segundo tempo. Quando Erik Spoelstra parou o jogo quando Dallas abriu 8 pontos de frente, a equipe de South Beach acordou de vez para o jogo. O diferencial dessa vitória de Miami passa pelas mãos do banco de reserva, dono de 27 pontos. Só que não dá para não destacar o que LeBron, Bosh e Wade fazem nos minutos finais do quarto e decisivo período. Vem sendo um marco desse time nessa pós-temporada. Mas vamos com calma. Nada está decidido. Espero que no próximo jogo os times se concentrem mais e tenham um melhor aproveitamento nos arremessos de quadra, pois chegou em um momento do jogo que não houve pontos por 2 minutos.

Willian Kressin

Foi um primeiro jogo que não cumpriu as expectativas. Em diversos momentos ambas as equipes pareciam nervosas, e com isso o basquete perdia muita qualidade. Analisando o desempenho de cada equipe, vimos que o Miami não conquistou a vitória só com seus talentos individuais (LeBron e Wade), mas também com uma forte marcação que fez com que Nowitzki, mesmo com 27 pontos, errasse muitos arremessos de quadra (7-18). Além dele, Jason Terry esteve muito abaixo de sua capacidade, anotando somente 12 pontos (3-10), Jason Kidd e Tyson Chandler pararam nos 9 pontos e o banco do Dallas ajudou apenas com 17 pontos (12 do Terry). Pra resumir, o Miami venceu porque marcou bem, e assim larga na frente nessa final.

Sérgio Júnior

Foi um jogo feio e com muitos erros, apenas alguns lances de Dirk, Wade e LeBron foram realmente bonitos. O aproveitamento dos times foi pífio, mistura da boa defesa com muito desperdício dos dois lados. O Heat mereceu a vitória, anulou os dois grandes trunfos do Dallas, as bolas de três e a força do banco e ainda papou todos os rebotes, junta isso à uma dupla formada por LeBron e Wade, é praticamente impossível parar o Miami. Pro Dallas é melhorar a defesa e esperar que Jason Terry e JJ Barea voltem a jogar o basquete de alto nível que mostraram durante os playoffs até aqui, e também uma maior liderança de Dirk, que não foi mal mas não foi espetácular e nem um líder. Primeiro jogo desanimador para vista de uma grande série, mas vamos ver como o Dallas voltará para o segundo jogo.

Pietro Bass

Bem, nada mais nada menos que o esperado. Times fechados, defendendo tudo e atacando com cuidado. Heat defendeu melhor e atacou com mais cuidado, levou vantagem e ganhou.

Destaque positivo pro Big Three de Miami, onde nenhum dos três jogou muito bem durante o jogo todo, mas se alternaram e, combinados, jogaram MUITO.
Destaque negativo pro banco do Mavs, principalmente pro JJ Barea, que fez chover contra o Thunder e dessa vez foi muito mal.

Destaque MUITO negativo pra defesa do Mavs que quando saiu da defesa homem-a-homem pra jogar numa defesa por zona ou em 3-2 foi extremamente mal e não soube lidar com as infiltrações e passes do Heat.

Destaque que chega a ser triste, agora. O Dallas teve DEZ rebotes ofensivos a menos que o Heat,(16x6) isso já diz tudo. Um time como o Mavs não pode perder tantos rebotes pra um time ruim nos rebotes como o Miami Heat.
A série promete, começou bem e só tende a melhorar!

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!