Acompanhe aqui:

7 de junho de 2011

O jogo de hoje é importante demais

Se essa dupla aparecer, a vida de Dallas complica

A bola sobe daqui a pouco na American Airlines Center, em Dallas. Dallas Mavericks e Miami Heat protagonizam o 4º jogo da série final. O time de Miami lidera por 2-1 e tem a chance de ampliar ainda mais sua vantagem. Já o Mavs, de Nowitzki, tenta empatar a série e não deixar as coisas fugirem do controle.

Vou ser bem sincero e bem objetivo: se o Heat vencer hoje, me desculpem os torcedores do Mavericks, mas o título praticamente fica com LeBron, Wade, Bosh e cia.

Com a vantagem de 3-1 e mais um jogo para fazer longe de casa, Miami pode até perder uma partida que ainda tem as coisas sob-controle e, em casa, tem dois jogos para matar a temporada.

Dwyane Wade acordou na hora certa e vem carregando o time de South Beach. LeBron, destaque do jogo 1, não produziu o que se espera dele no jogo 2 e 3. Chris Bosh vem tendo problemas com seu arremesso, mas não pipocou quando teve que arremessar uma bola longe da cesta com menos de 1 minuto para ser jogado.

O alemão Dirk Nowitzki, destaque total dos playoffs, falhou no último arremesso no domingo e soltou o verbo: 'preciso de ajuda'. Terry, Barea, Kidd e Marion: ninguém desses está com a mão calibrada quando se precisa.

Com Barea entre os titulares e Brian Cardinal com mais minutos, o Dallas Mavericks vai para cima em busca da vitória. O Heat sabe que precisa atacar a cesta. O jogo vai ser interessante desde o primeiro minuto. Se a arbitragem colaborar e não marcar faltas em qualquer disputa pelos rebotes, o jogo vai ser sensacional.

Palpite: Brian Cardinal metendo uma bola de três com 1 segundo no relógio e o Mavs vence de virada. Ok, estou brincando. Volto a ficar em cima do muro. Que vença o melhor!

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!