Acompanhe aqui:

3 de junho de 2011

Mavericks consegue virada histórica, vence Heat e empata a série


Épico. Incrível. Sensacional. Sério, posso ficar aqui até a próxima temporada citando adjetivos para descrever essa vitória do Dallas Mavericks sobre o Miami Heat no jogo 2 da NBA Finals, disputado na American Airlines Arena.

Após abrir uma vantagem de 15 pontos (88-73) e 7 minutos para serem jogados, o Miami Heat tinha o jogo sob-controle, tinha tudo para abrir 2x0 na série e encaminhar o título da NBA, o segundo da franquia. Só que o alemão, taxado como pipoqueiro por alguns, botou a bola no braço e decidiu. Fazendo 22 pontos e tomando apenas 5, o Dallas Mavericks, de uma forma espetácular, virou o jogo e ofuscou a brilhante atuação de Dwyane Wade.

Dono de apenas 9 pontos no primeiro tempo, Dirk Nowitzki fez um excelente segundo tempo, anotou 15 pontos e comandou a festa. No final de tudo, cestinha do time texano com 24 pontos. Outro jogador que vem sendo extraordinário mas que eu não vejo o pessoal falar, é Shawn Marion. Hoje o ala marcou 20 pontos e pegou 8 rebotes. Eu critiquei ele, porém, ele cresceu nos momentos decisivos. Estou falando de Jason Terry, autor de 16 pontos.

No lado do Heat, Dwyane Wade tinha tudo para ter uma noite incrível. Além de mais uma vitória, Wade saíria de quadra como herói, pois sua atuação foi de encher os olhos com seus 36 pontos. LeBron James sofreu um pouco com as faltas e ficou menos tempo em quadra do que o normal. O homem que levou seus talentos para South Beach marcou apenas 20 pontos e cometeu 5 turnovers. Chris Bosh fará questão de esquecer essa noite. Dono de somente 12 pontos, o ala-pivô do Heat praticamente dançou ao ver Dirk invadir e fazer a cesta da vitória.

Ainda estou em estado de choque. Pode ter certeza que, vencendo esse título, Dallas nunca esquecerá do dia 2 de junho de 2011. Será esse o dia fundamental da conquista da franquia do Texas. Dirk e seu dedo baleado mandaram um recado pro rival: só parem de jogar quando acabar o jogo, pois enquanto tiver tempo, vamos lutar. E Dallas lutou. Lutou bravamente.

Agora Dallas terá 3 jogos em casa e tem consciência que vencendo os 3 jogos será campeão da NBA. Não acho que isso vai acontecer, acredito em um Heat trazendo as finais novamente para Miami. Mas pode ter certeza que o time de Erik Spoelstra entrará atordoado no próximo jogo. De sentir o gosto da segunda vitória e ficar perto do título à derrota e novas desconfianças.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!