Acompanhe aqui:

5 de junho de 2011

Continuar ou não?


O treinador dos Knicks está entrando no último ano de seu contrato, enquanto o executivo que o contratou, Donnie Walsh, já não é o presidente da equipe. E com Phil Jackson, possivelmente à espera nos bastidores para assumir na próxima temporada, o futuro de Mike D’Antoni é incerto.

O agente do treinador, Warren LeGarie, confirmou na última sexta-feira que seu cliente quer continuar treinando o time de New York. O problema é que essa decisão no cabe a D’Antoni.

Os próximos ao ginásio do Knicks gostariam de contar com o treinador que levou o Knicks de volta a pós-temporada. Existem diversos fatores que pesam em favor D'Antoni. Ele está entrando no último ano de um contrato de quatro anos que vai pagar-lhe US $ 6 milhões na próxima temporada. Se D'Antoni é demitido, o Knicks estaria pagando dois treinadores (o Knicks ainda teria que pagar D’Antoni) no próximo ano, quando, dependendo do resultado de um acordo entre a NBA e a união dos jogadores, pode não haver jogos devido a uma greve.

A verdade, fã da NBA, é que o Mike D’Antoni nunca foi uma unanimidade, nem todos gostam de seu trabalho. Há sim o risco dele ser demitido por causa da saída do Walsh, mas como eu expliquei, seria pior pro time. Além de estar pagando o seu novo treinador, terá que pagar D’Antoni pela rescisão de contrato. O interessante é manter o cara que preza um ataque e odeia a defesa por mais esse ano. Analisa a temporada e depois vê o que pode-se fazer. Perder dinheiro à toa não é o melhor caminho.

1 comentários :

ae, queria so saber como dividir os autores do blog! depois me manda onde vc achou o tutorial e me manda, depois pode excluir esse comentario...abraço

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!