Acompanhe aqui:

1 de maio de 2011

Z-Bo faz a diferença novamente e Grizzlies sai na frente contra o Thunder


Sérgio Júnior

No último dia 17, os Spurs estavam entrando em quadra para enfrentar os Grizzlies, um time que tinha seus méritos, mas que era apenas o 8º colocado e que nunca tinha vencido um jogo de playoffs. Duas semanas depois o Grizzlies não só eliminiou o Spurs, mas também já saiu na frente na segunda rodada contra o Thunder, jogando na temida Oklahoma City Arena, e já conta com cinco vitórias em playoffs.

Após eliminar um forte time do Nuggets com certa facilidade, o Thunder entrou bem favorito após mostrar que o time era mais que apenas Durant e Westbrook e que Ibaka, Harden e outros seriam vitais na sequência. Porém, certo jogador poderia ser o diferencial para o time desandar, Russell Westbrook. Russell teve média de 23 pontos, 6 rebotes e 6 assistências contra o Nuggets, nada mal, mas o problema está em sua postura, Westbrook chutou com um aproveitamento de 39% contra o Nuggets, arremessando 20 bolas ao jogo e isso acaba atrapalhando o verdadeiro craque da franquia, Durant, que chutou as mesmas 20 bolas, mas acertou 47% ao jogo, é uma enorme diferença. E o individualismo de Westbrook continuou hoje, o jogador anotou 29 pontos, mas necessitou de 23 arremessos para tal e acertou apenas 9. Durant arremessou duas bolas a menos e fez duas a mais, mesmo com a marcação especial dos Grizzlies, mostrando que Westbrook tem que preocupar-se mais em distribuir o jogo e menos em criar e forçar arremessos.

Enquanto o Thunder viveu seus problemas em sua armação do jogo, os Grizzlies contaram com sua dupla fortíssima no garrafão. Zach Randolph voltou a ser o grande nome e fez 34 pontos, ainda pegou 10 rebotes e roubou a bola por três vezes. Seu companheiro Gasol fez 20 pontos e pegou 13 rebotes. Do outro lado, Perkins voltou a ser ineficiente, além de não conseguir parar os amigos do Tennesse foi quase nulo no ataque, e isso não é novidade, o jogador sofreu demais nas mãos do Nenê. Por outro lado Serge Ibaka continuou a jogar como gente grande, 16 pontos, 11 rebotes e 5 tocos.
Outro grande trunfo do Memphis, a dupla Tony Allen e Shane Battier, combinaram para 23 pontos, 9 rebotes, 3 roubos e 2 tocos, além de fazerem um trabalho exemplar na marcação de Durant.

Parecia ser fácil para o Thunder, assim como parecia fácil para os Spurs, mas o Memphis voltou a mostrar que no fim não é favas contadas e que está preparado para chegar às finais de conferência, a série está apenas começando e essa vitória do Memphis coloca uma pimentinha na medida certa para esquentar o duelo. O próximo jogo já é nesta terça, curtam mais um Real e Barcelona, mas depois não se desliguem da NBA.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!