Acompanhe aqui:

15 de maio de 2011

O futuro de um time que Surpreendeu


Willian Kressin

Será que alguém diria que o Memphis Grizzlies iria tão longe nesses playoffs? Será que alguém, tirando a torcida do time do Tennessee, poderia imaginar que a equipe passasse do San Antonio Spurs, e ainda por cima colocasse o Oklahoma City Thunder em tantos problemas? Dificilmente.

Para o Memphis a atual temporada ficará para sempre na história da equipe. Após uma temporada regular muito difícil e a perda do seu principal jogador antes do inicio dos playoffs poucas pessoas acreditavam que essa equipe venceria um jogo da pós-temporada. Mas e primeira vitória da equipe na história dos playoffs veio logo no primeiro jogo, e depois muitas outras vieram. Essa fantástica caminhada dos Grizzlies ainda não chegou ao fim, pois o time ainda está vivo na série contra o Thunder, e mesmo que ela acabe amanhã, já mostrou o quanto esse time pode fazer nas próximas temporadas.

O futuro do Grizzlies tem tudo para ser muito bom. Vimos nessa pós-temporada que mesmo sem Rudy Gay (a estrela de Memphis) o time pôde vencer seus jogos. Essa equipe aprendeu a jogar sem um grande jogador. Eles conseguiram algo que todos os times procuram: um basquete coletivo.

É sempre muito bom possuir um grande jogador em um elenco de um time de basquete. Mas muitas vezes isso nem sempre gera resultados. Um exemplo disso é o Orlando Magic, que apesar de ter Dwight Howard foi eliminado na primeira rodada dos playoffs. E olha que o Magic ainda possui outros bons jogadores. E todos viram o que faltou no Orlando: um basquete coletivo.

É fácil enxergar o que o Memphis fez nessa temporada. Durante a temporada regular a equipe apostava tudo em Rudy Gay. Ele era o cara que decidia as partidas, ganhando vários jogos praticamente sozinho. Mas quando ele se machucou o time teve que mudar, e acabou mudando para melhor. Passou a jogar de forma totalmente diferente, dando oportunidade para outros jogadores decidirem. Ai vimos Zach Randolph, Marc Gasol, O.J. Mayo e Mike Conley fazerem grandes jogos.

Alguns podem dizer que o que o Memphis vem conseguindo nessa temporada foi um lance de sorte. Mas vai muito além disso. Esse time conseguiu encontrar seus talentos em meio às dificuldades, e agora enxergam um caminho que pode ser vitorioso no futuro. E talvez esse futuro esteja próximo. Porém, para que isso possa acontecer um jogador terá que aprender a jogar com o time: Rudy Gay.

Rudy Gay é um grande jogador. Muito forte fisicamente, e decisivo em vários momentos. Mas como toda estrela, ele procura aparecer mais que os outros. Se o Memphis quiser continuar crescendo e fazendo grandes campanhas como vem sendo essa, terá que fazer a estrela se tornar um jogador superior, ou seja, que continue jogando tudo o que sabe, mas que também dê a oportunidade para os outros brilharem.

Esse Memphis que vimos nesses playoffs até agora surpreendeu a todos. E surpreendeu de uma forma positiva, por ter se superado. E podem ter certeza que esse Memphis, mesmo que caia neste domingo, ainda dará muito o que falar nos próximos anos.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!