Acompanhe aqui:

3 de maio de 2011

O equilíbrio vai prevalecer


O que nós podemos concluir desse jogo 1 entre Lakers e Mavericks é que será uma série brigada. Já rolou problemas do Pau Gasol com o Tyson Chandler, "empurra daí que eu empurro daqui" de Dirk Nowitzki e Ron Artest. Os ânimos estavam exaltados no Staples Center.

Mas temos que entender o lado dos jogadores. É uma série equilibrada, ambas franquias tem aquele jogador que pode decidir a partida numa fração de segundos, um banco participativo, resumindo, ambos tem bom elenco. Ninguém quer perder e ficar de fora de uma final de conferência.

Pelo que eu vi do jogo, foi um primeiro tempo super equilibrado com o Lakers abrindo uma boa vantagem nos minutos finais. Tá certo que houve colaboração dos jogadores dos Mavs (falta para três lances livres no Odom nos segundos finais e técnica no Dirk).

No segundo tempo, os Lakers, logo de cara abriram 7-0 e levaram a diferença para 14 pontos. Já comecei a achar que a vaca do time do Texas estava deitando. Com o pedido de tempo, os Mavs colocaram a cabeça no lugar e voltaram para o jogo. Aos poucos, com a boa presença do alemão Nowitzki e de Jason Terry, Dallas tirava a diferença dos californianos.

Nos minutos finais, muita defesa e poucos pontos. Lakers tinha tudo para vencer a partida, mas cometeu vários turnovers nos momentos cruciais, aquele momento que não se pode errar. Méritos dos jogadores de Dallas, que marcaram bem e conseguiram o roubo de bola. Vitórias dos texanos e 1-0 na série.

Acredito que a série vai ser assim até o final. Não consigo ver o Lakers ou Dallas vencendo as partidas por mais de 10 pontos, por exemplo. O jogo 2 está marcado para essa quarta, às 23h30, em Los Angeles. O equilíbrio vai dar suas caras mais uma vez.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!